Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Freqüentar os Incorporais - Contribuição a uma Teoria da Arte Contemporânea (Cód: 2591432)

Cauquelin Anne

Martins Editora

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 49,00

em até 1x de R$ 49,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 46,55 (-5%)

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Origem

R$ 49,90

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Freqüentar os Incorporais - Contribuição a uma Teoria da Arte Contemporânea

R$49,00

Descrição

Um fragmento de vida, reminiscências de lugares, pessoas, tempo passado e presente, palavras trocadas, uma atmosfera de cheiros, cores, sabores, sons: um tecido frágil que tende a se desfazer se chegarmos perto demais e cuja consistência é a fluidez. É principalmente no domínio da arte que esse invisível, esse incorpóreo, se torna apreensível. Como? Anne Cauquelin propõe uma série de respostas tomando por objeto a arte contemporânea e suas modalidades, como a desmaterialização, o vazio, o intemporal, o conceitual, o contextual, o virtual, a interface etc., até o ciberespaço, e abordando-as não pelas religiões orientais do vazio, do silêncio, da sombra (o beat zen ou o square zen, como foram chamadas nos Estados Unidos), mas por algo que ela conhece bem: a teoria dos “incorporais” dos estóicos. Será surpreendente verificar em quantos momentos essa teoria se ajusta intimamente às manifestações artísticas atuais.

Características

Peso 0.25 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Martins Editora
I.S.B.N. 9788599102749
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 1.00 cm
Número de Páginas 215
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788599102749
Número da edição 1
Ano da edição 2008
País de Origem Brasil
AutorCauquelin Anne