Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

Guerreiras da paz (Cód: 9321918)

Gbowee, Leymah; Donaldson M. Garschagen

Companhia Das Letras (Edi??o Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 29,50

em até 1x de R$ 29,50 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Guerreiras da paz

R$29,50

Descrição

Em Guerreiras da paz, Leymah Gbowee deixa claro por que está entre as ganhadoras do prêmio Nobel da paz de 2011. Em uma narrativa forte, mas nunca exagerada na carga dramática, ela conta como conseguiu superar a violência e a destruição causadas pela guerra civil na Libéria, África, que durou de 1989 a 2003. Nesse período, tanto forças do governo como rebeldes assassinaram civis de maneira indiscriminada, estupraram mulheres e arrasaram cidades, plantações e vilarejos. Leymah reuniu mulheres do país inteiro sob sua liderança, transcendendo religiões, e formou um exército para exigir a paz. Esse grupo se pôs em destaque quando ocupou um campo de futebol na capital liberiana, Monróvia, pelo qual a população inteira - inclusive o presidente Charles Taylor - passava diariamente. Sentadas e vestidas de branco, elas exibiam faixas pedindo a paz. Assim chamaram a atenção do mundo, inclusive pela iniciativa de conscientizar os maridos por meio de uma greve de sexo. Mas o protesto foi de fato decisivo durante as conversações de paz organizadas pela ONU em 2003, em Gana, onde delegados de vários países discutiam como resolver a guerra civil liberiana. A pressão feita por essas mulheres impulsionou o acordo que acabou por depor Taylor e pôr fim ao conflito. A história de Leymah é um alerta geral: as mulheres têm voz e força, e são protagonistas importantes no estabelecimento e na manutenção da paz. Um exemplo para todos os países assolados por conflitos e violência. Quanto ao leitor, este é um livro impossível de largar antes do fim. 'Guerreiras da paz nos lembra que, mesmo nos piores momentos, o melhor da humanidade pode transparecer. ' - Arcebispo Desmond Tutu, ganhador do prêmio Nobel da paz de 1984

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca Companhia Das Letras (Edi??o Digital)
Número de Páginas 304 (aproximado)
Idioma 333
Acabamento e-book
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Início da Venda 12/09/2014
Código do Formato Epub
Cód. Barras 9788543801971
Ano da Publicação 114
AutorGbowee, Leymah; Donaldson M. Garschagen