Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8
e-book

História dos jornais no Brasil (Cód: 9321928)

Matías M. Molina

Companhia Das Letras (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 13,97

em até 1x de R$ 13,97 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


História dos jornais no Brasil

R$13,97

Descrição

Pesquisa inédita recupera história dos jornais no Brasil de 1500 até 1840.

Jornalistas, professores, estudantes e aficionados da imprensa no Brasil costumam lamentar a falta de trabalhos sobre a história da atividade no país.
Resultado de décadas de pesquisa, este livro do jornalista Matías Molina vem preencher o vazio. O projeto prevê a publicação de três volumes capazes de abarcar toda a história da imprensa no país, desde suas primeiras manifestações no Brasil colônia até os dias atuais.
O primeiro volume aborda a imprensa no período colonial, no tempo em que o Rio de Janeiro era sede da Corte, estende-se até a época da Independência, quando os jornais foram palco de renhidas disputas políticas, e termina com a ascensão de D. Pedro II ao poder, na década de 1840. Como epílogo, traz uma análise dos fatores que condicionaram o desenvolvimento da imprensa no país e ajudam a explicar a baixa penetração dos jornais na sociedade brasileira.
No segundo volume, Molina tratará dos jornais da cidade do Rio de Janeiro a partir do Segundo Império, num arco que virá até o início do século XXI. No terceiro, terá como tema os jornais da cidade de São Paulo no mesmo período.
Apesar da existência de um conjunto de obras sobre o assunto, elas costumam ser de alcance restrito: ou o enfoque é apenas regional, ou são muito antigas e desatualizadas, ou ainda marcadas por forte recorte ideológico. Pela primeira vez, o leitor tem acesso a uma compreensão ampla de como o jornalismo foi forjado e construído no Brasil.
Primeira etapa de um grandioso empreendimento, este volume dá a dimensão do escopo e rigor do projeto e ainda comprova o engenho do autor, um dos poucos no país capazes de produzir um trabalho tão minucioso quanto necessário.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Não
Marca Companhia Das Letras (Edição Digital)
Número de Páginas 560 (aproximado)
Idioma 333
Acabamento e-book
Territorialidade Internacional
Início da Venda 19/02/2015
Cód. Barras 9788543802848
Ano da Publicação 2015
AutorMatías M. Molina