Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Promoção Visa Checkout

Idéias Próprias (Cód: 2601544)

Fine, Cordelia

Difel

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 54,90
Cartão Saraiva R$ 52,16 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 27,45 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Idéias Próprias

R$54,90

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Ele é presunçoso, emocional, imoral, cabeça-dura, discreto, sem força de vontade, fanático, torce e distorce percepções, se engana e se ilude. Estamos falando do cérebro, considerado o órgão mais complexo e poderoso do ser humano.

Pensa que pode confiar no seu cérebro? Cordelia Fine apresenta aos leitores os 'pensamentos' de um cérebro de que pouco se ouve falar, um cérebro com idéias próprias. Ao expor as encenações da mente e explorar como ela defende e eleva o ego, a doutora Fine ilustra a tendência do cérebro à auto-ilusão. Cada ser humano possui uma enorme quantidade de defeitos mentais e preconceitos banais que o impedem de ver a 'verdade' a respeito do mundo, das pessoas e de si mesmo.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Difel
Cód. Barras 9788574320885
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788574320885
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Tradutor José Rodolfo Souza
Sub-Título Como seu Cérebro Distorce a Realidade e o Engana
Número da edição 1
Ano da edição 2008
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 272
Peso 0.44 Kg
Largura 14.00 cm
AutorFine, Cordelia

Leia um trecho

"É muito inquietante saber que seu ego está tão bem protegido da realidade. E não é apenas seu ego que é mantido distante da realidade de forma tão segura. Talvez, de modo compreensível - considerando os dardos e chicotadas do destino que devemos evitar todos os dias -, seu cérebro utilize inúmeras estratégias semelhantes para manter sua percepção da saúde futura, felicidade e destino agradavelmente fantasiosa." (p. 28) "Por que nossos pensamentos podem ser tão desobedientes? Não é com freqüência que tenho motivos para notar deficiências comuns às observações feitas por meu marido e aos escritos do grande filósofo René Descartes. Contudo, se o famoso pensador estivesse conosco naquela noite que passei me agitando e virando na cama, incapaz de dormir, ele poderia muito bem ter acrescentado ao conselho de meu marido uma admoestação de sua terceira máxima: se há algo neste mundo que podemos e devemos conquistar, são nossos próprios pensamentos. No entanto, como todos - exceto o maior especialista em meditação - concordariam, um pensamento perturbador é um adversário extremamente duro. (Como o psicólogo Daniel Wegner espirituosamente comentou, 'Descartes talvez devesse ter parado na segunda máxima')." (p. 190-191)