Artboard 33atençãoArtboard 18atualizarconectividadeArtboard 42boletocarrinhocartãoArtboard 45cartão SaraivacelularArtboard 42Artboard 23checkArtboard 28Artboard 17?compararcompartilharcompartilhar ativoArtboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32ebookArtboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11fecharfilmesArtboard 23gamesArtboard 4Artboard 9Artboard 6hqimportadosinformáticaArtboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44curtirArtboard 24Artboard 13livrosArtboard 24Artboard 31menumúsicaArtboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44outrospapelariaArtboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35estrelaestrela ativorelógiobuscaArtboard 50Artboard 26toda saraivaArtboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37usuárioArtboard 46Artboard 33Artboard 8seta

Iluminuras - Gravuras Coloridas - 3ª Ed. 2014 (Cód: 8249967)

Rimbaud,Arthur

Iluminuras

Vendido e entregue por Saraiva

Este produto está temporariamente indisponível no site, mas não se preocupe, você pode reservá-lo para retirada em uma loja física!

Reserve seu produto na loja para retirada em até 1 hora.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

De: R$ 53,00

Por: R$ 39,90

em até 1x de R$ 39,90 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 37,91 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Iluminuras - Gravuras Coloridas - 3ª Ed. 2014

R$39,90

Descrição

Illuminations (coloured plates) / “Iluminuras” (gravuras coloridas), publicado pela primeira vez em 1886, é um dos textos fundadores da poesia moderna e o testamento poético de Arthur Rimbaud (1854-1891). Escrito em parte durante as temporadas em Londres, com seu gosto pela ambiguidade e polissemia, Rimbaud escolheu como título uma palavra inglesa que significa, simultaneamente, tanto iluminações (no sentido de inspiração ou percepção súbitas) quanto iluminuras (gravuras coloridas, acepção reforçada pelo subtítulo), manuscritos “iluminados” (decorados e ilustrados com formas, desenhos, figuras). Ou, ainda, em referência às luzes urbanas artificiais, fogos de artifício e técnicas de iluminar cenários teatrais. Título mais que adequado para uma poesia multifacetada, visionária e que até hoje testa a imaginação dos leitores.
Escrito dos 19 aos 21 anos, pouco antes de abandonar a literatura e partir para a África, Illuminations traz a aplicação de seus princípios poéticos de invenção e “alquimia verbal”, “pensamento cantado” e “alucinação simples”, onde o poeta, ao “fixar vertigens”, “se faz vidente por um longo, imenso e racional desregramento de todos os sentidos” (físicos e sociais). Nesta obra que pode ser chamada de As Metamorfoses da era industrial, Rimbaud dissolve os limites entre poesia e prosa, lírica e narrativa, identidade e alteridade, real e imaginário, tempo e espaço, alta e baixa cultura, palavra e mundo, fazendo da linguagem um laboratório para a criação de novas realidades e percepções.
Nas composições caleidoscópicas de Illuminations, momento culminante de sua escrita, Rimbaud quer levar ao limite a exploração do impacto da mente poética sobre a realidade exterior, fazendo com que o poema, muitas vezes, apareça na forma de um enigma. Como escreveu Leo Bersani: “Longe de ser uma película protetora entre nós e a complexidade psicológica e secreta do poeta, a linguagem em Illuminations chega a ser ofuscada pela própria luminosidade das telas que a linguagem evoca. Tudo se destina – como num número de circo espetacularmente vulgar – a fascinar nossos olhos, tornando impossível para nós desviar nossa visão saturada da cena hipnótica”. É mais do que simplesmente escrita sobre experiências, e sim escrita como experiências.
Vinte anos depois da primeira publicação pela Iluminuras, nesta edição bilíngue, revisada, anotada e acompanhada de ensaio crítico, os poetas Rodrigo Garcia Lopes e Maurício Arruda Mendonça assumem o desafio de traduzir para o português esta obra-prima da poesia universal.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Iluminuras
Cód. Barras 9788573213683
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788573213683
Profundidade 2.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 3
Ano da edição 2014
Idioma Português
Número de Páginas 192
Peso 0.25 Kg
Largura 14.00 cm
AutorRimbaud,Arthur