Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Moderno ? Por que o Cinema Se Tornou a Mais Singular das Artes (Cód: 2601764)

Aumont,Jacques

PAPIRUS

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 33,90
Cartão Saraiva R$ 32,21 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Moderno ? Por que o Cinema Se Tornou a Mais Singular das Artes

R$33,90

Descrição

Após 25 anos, a modernidade – esse período da arte e da cultura ocidental iniciado em meados do século XIX – chega a seu fim aos olhos dos historiadores de arte.
Nesse cenário, o cinema não só explorou suas ligações e filiações, como se declarou a arte moderna por excelência. Se efetivamente esse é o caso, como ele foi afetado pelo fim dos ideais modernos?
A hipótese formulada aqui é a de que o cinema foi, em diversos níveis mas de modo constante, atravessado por questões e valores da modernidade – como a consciência histórica, a relatividade do gosto, o papel 'especulativo' atribuído à arte etc. –, às quais respondeu de modo defasado, sem relação com as artes tradicionais.
Paradoxalmente, é essa defasagem – sintoma de sua eterna condição de arte inventada, de arte do pobre, de arte industrial – que lhe permite hoje não apenas sobreviver (bem melhor do que a pintura, por exemplo), como ainda vislumbrar no horizonte a possibilidade de uma 'segunda modernidade'.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora PAPIRUS
Cód. Barras 9788530808723
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788530808723
Profundidade 1.00 cm
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 96
Peso 0.44 Kg
Largura 14.00 cm
AutorAumont,Jacques

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Moderno ? Por que o Cinema Se Tornou a Mais Singular das Artes