Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Livro Digital

MUNDUS NOVUS BRASILIS, O DESPERTAR DE UMA CIVILIZAÇÃO, COM A ENCICLOPÉDIA DAS NAVEGAÇÕES PORTUGUESAS (Cód: 8269307)

Mendes,João Bosco Fernandes

publique-se!

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 8,99
Cartão Saraiva R$ 8,99

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


MUNDUS NOVUS BRASILIS, O DESPERTAR DE UMA CIVILIZAÇÃO, COM A ENCICLOPÉDIA DAS NAVEGAÇÕES PORTUGUESAS

R$8,99

Descrição

SINOPSE
Mundus Novus Brasilis é constituído de quatro 'gêneros' de trabalhos, todos interligados por hipermídia (links), formando um 'corpus' coeso e harmônico, enfocando as grandes navegações portuguesas de descobrimento. Primeiramente, um romance histórico, envolvendo o descobrimento do Brasil e fatos marcantes dele decorrentes, como o roubo de informações cartográficas da Corte portuguesa por espiões italianos (mesmo expondo os responsáveis ao risco de pena morte). Em seguida um vasto conjunto de hipertextos1, a serem acessados a partir de links do romance, situando o leitor na história das grandes navegações e na cultura da época, de modo a aprimorar a sua sintonia com o enredo e a empatia com os personagens. Depois, cinco ensaios ('Américo Vespúcio, o Homem que Deu Nome à América', 'Crônica de Dom João Raposa' - adaptação da Crônica de Dom João II, de Rui de Pina, autor da época, 'A Diáspora Negra', 'Judeus, Mouros e o Astrolábio' e 'Pedro Álvares Cabral, o Colombo do Leste'), enfocando com mais profundidade alguns temas relevantes da história das grandes navegações de descobrimento, ou deles decorrentes. Finalmente, a versão bilíngue da Carta Mundus Novus, de Américo Vespúcio, primeiro best-seller da história da literatura mundial (exceto a Bíblia), que influenciou profundamente o imaginário europeu sobre as terras recém-descobertas (principalmente o Brasil) e determinou o batismo das Américas, a partir do nome de seu autor. Pela primeira vez na história, o leitor brasileiro terá à sua disposição o texto em latim, tal qual foi publicado no século xvi, ao lado da tradução, que fiz diretamente da língua romana, corrigindo erros de algumas versões feitas a partir de outras línguas (e repetindo suas mazelas).
As últimas três partes constituem a 'Enciclopédia das Navegações Portuguesas', que o autor, usando das facilidades proporcionadas pela mídia digital, propõe-se a ampliar e aperfeiçoar, de modo a se ter um trabalho em permanente construção e aprimoramento.
O leitor não deve deixar-se intimidar com as dimensões macroscópicas da obra, o maior livro brasileiro de que se tem notícia - considerando-se todo o 'corpus' aqui apresentado (romance, hipertextos, ensaios e tradução) como um só volume, unificado que é pela hipermídia: mais de 3.300 páginas, em formato 14x21, ou mais de 1.600 nesta versão digital (sem a mídia digital, a obra talvez nunca fosse editada, muito menos
1 Hipertexto - 'Apresentação de informações escritas, organizada de tal maneira que o leitor tem liberdade de escolher vários caminhos, a partir de sequências associativas possíveis entre blocos vinculados por remissões, sem estar preso a um encadeamento linear único' (Houaiss).
ao preço ora oferecido). Pois os hipertextos e ensaios poderão ser lidos em qualquer ordem, como unidades autônomas que são: seja por ocasião de cada remissão dos links do romance, seja de um fôlego só (para quem tem bons pulmões). Mas acredito que a leitura concomitante, paralela, poderá proporcionar maior proveito e prazer. Além disso, a variedade dos assuntos enfocados e a amplitude da pesquisa em que se fundamentam (evidenciada pelas 1.078 notas de referência bibliográficas e a bibliografia, com mais de 1.000 itens) também habilitam o seu uso para consultas em estudos acadêmicos e pesquisas escolares.
Para o desenvolvimento dos trabalhos foi reunida uma biblioteca, com centenas de documentos e obras dos mais acreditados autores da historiografia brasileira e portuguesa de vários séculos, e consultado outro tanto de sites na Internet. E suas informações condensadas naquela segunda parte, em breves hipertextos e ensaios - abordagens mais longas e aprofundadas.
Pois foi observado, desde o início do projeto, que para a compreensão exata do romance - ponto central da obra, não era suficiente que apenas o autor mergulhasse naquele universo de informações que foram surgindo com as pesquisas. O que iria nas cabeças daqueles nossos antepassados? Como fariam as extrações dos dentes ou a amputação de uma perna, sem anestesia? Como reagiria a mocinha, ante um casamento arranjado por outros? Isso é visto principalmente no romance, em cuja concepção o autor teve em mente tanto atingir a emoção estética, através da arte literária, como fazer vivenciar a cultura e os valores da época. Mediante uma trama intensamente elaborada, personagens caracterizados com riqueza de detalhes e uma sequência constante de suspenses, o texto prende o leitor até a última página, literalmente.
Sem medo de atropelar a modéstia, admitimos que Mundus Novus Brasilis, deverá constituir um marco na literatura e na historiografia das grandes navegações de descobrimento. Embarque também nessa aventura. Venha vivenciar o balanço das lendárias caravelas dos descobrimentos.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca publique-se!
Cód. Barras 9999082693075
Acabamento ebook
Início da Venda 13/11/2014
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Idioma 333
Código do Formato Epub
Ano da Publicação 114
Peso 0.00 Kg
AutorMendes,João Bosco Fernandes

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: MUNDUS NOVUS BRASILIS, O DESPERTAR DE UMA CIVILIZAÇÃO, COM A ENCICLOPÉDIA DAS NAVEGAÇÕES PORTUGUESAS