Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Novas Cartas Edificantes e Curiosas do Extremo Ocidente (Cód: 2596288)

Levy, Andre

Companhia Das Letras

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 42,00
Cartão Saraiva R$ 39,90 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 21,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Novas Cartas Edificantes e Curiosas do Extremo Ocidente

R$42,00

Descrição

Como Macunaíma, o herói do romance homônimo de Mário de Andrade, que, ao chegar a São Paulo vindo do fundo do mato-virgem, chamava elevador de sagüi-açu, os viajantes chineses que 'descobriram' o Ocidente no final do século passado chamavam o mesmo elevador de quarto semovente. Torneiras, para eles, eram, com toda singeleza, pequenas cabeças-de-dragão. Só que o povo do Império do Meio se acreditava o umbigo do mundo. O resto era, por assim dizer, o seu bumbum - periferia, terra de bárbaros, incapaz de despertar-lhe o interresse. Até que, um dia, movidos pela Guerra do Ópio (a Inglaterra impôs pela força a introdução dessa droga na China) e por necessidades diplomáticas, assim como pela curiosidade de constatar in loco o progresso dos países industrializados da época, que, apesar de tão menores, conseguiam impor-lhes sua vontade, os chineses partiram em viagens de reconhecimento para o Ocidente. A primeira foi em 1866. Seguiram-se outras durante todo o período que se convencionou chamar de 'Belle Époque', e são os relatos desses viajantes, traduzidos e comentados por um especialista de literatura e civilização chinesas, que compõem estas Novas cartas edificantes e curiosas do Extremo Ocidente por viajantes chineses.

Características

Peso 0.30 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora Companhia Das Letras
I.S.B.N. 9788585095680
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 1.30 cm
Número de Páginas 256
Idioma Português
Acabamento Brochura
Tradutor Rouanet, Luiz Paulo
Cód. Barras 9788585095680
Número da edição 1
Ano da edição 1988
País de Origem Brasil
AutorLevy, Andre