Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Promoção Visa Checkout
e-book

O Código das Águas (Cód: 5976798)

Bell,Lindolf

Global Editora (Livros Digitais)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 21,70
Cartão Saraiva R$ 21,70

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


O Código das Águas

R$21,70

Compre junto:

Nome do produto

Descrição

O poeta catarinense Lindolf Bell foi uma espécie de guerrilheiro da poesia. Durante toda a sua vida se empenhou em divulgá-la, onde houvesse um ouvido humano capaz de captar a mensagem de sua metralhadora poética.
Com essa finalidade criou, em 1964, o Movimento Catequese Poética, pioneiro na divulgação da poesia em espaços abertos, nas ruas, portas de fábricas, viadutos, praças, escolas, bares, teatros, universidades, estádios. Querendo mais, sempre mais, como bom guerrilheiro, criou as Praças de Poesia, os Painéis-Poema, os Corpoemas (camisetas com poema), cartões-postais, papéis-carta-poema e o primeiro programa de televisão dedicado à poesia.
No exercício mágico de sua arte, deixou treze livros de poemas, uma obra densa, que inclui desde a denúncia do desaparecimento gradual dos sentimentos de fraternidade, a busca ao tempo perdido, que lhe permitisse aquele encontro profundo consigo mesmo, desejo de todo ser humano que se espiritualiza, até a plena interiorização, a marca talvez mais forte de O Código das Águas.
Esse código misterioso se manifesta de muitas formas, como naquele rio chamado amor, 'despojado de intransigências,/ preconceitos,/ perplexo no eterno desejo', que flui dentro do poeta 'com sabor de paciência/ e extraordinário sabor de nada'. Está por trás também de sua inquietação: 'Que faço neste tempo/ entre terra e céu de ironia?'
Ao contrário de Mário de Andrade, que confessava ser duzentos, Bell crê, por um momento, na unidade interna: 'Me somo./ E fico um./ Me multiplico./ E permaneço um./ Me divido./ E continuou um./ Me diminuo./ E resto um./ Me escrevo./ E sou nenhum'. Logo descobre 'mil identidades secretas' e, se não consegue se encontrar, pelo menos já descobriu o essencial para seguir adiante: 'Menor do que meu sonho não posso ser'.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Global Editora (Livros Digitais)
Cód. Barras 9788526019683
Acabamento ebook
Início da Venda 04/11/2013
Territorialidade Brasil
Formato Livro Digital Epub
Proteção Drm Sim
Idioma Português
VOLUME 1
Peso 0.00 Kg
AutorBell,Lindolf