Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Promoção Visa Checkout

O Combate Entre Cronos e Orfeu - Ensaios de Semiologia Musical Aplicada (Cód: 181142)

Nattiez,Jean-jacques

VIA LETTERA

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 76,00 em até 2x de R$ 38,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 72,20 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 25,33 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


O Combate Entre Cronos e Orfeu - Ensaios de Semiologia Musical Aplicada

R$76,00

Descrição

'Pela Música', explica Nattiez, 'Orfeu procura subtrair todos os que o escutam do curso inexorável do Tempo. Cronos deixa por um momento o aedo crer em sua vitória, mas depois de ter fingido ceder à sedução de sua voz provoca sua morte'. Ao imaginar este desenlance para o mito Orfeu, Jean-Jacques Nattiez examina como a concepção formalista da música que, por muito tempo, prevaleceu na estética musical é uma tentativa mágica de recusa do Tempo. Recorrendo ao modelo da semiologia musical que privilegia em todos os seus trabalhos e do qual oferece uma sintética apresentação no primeiro capítulo do livro, o autor examina, em relação ao Tempo, diferentes problemas do interesse de músicos, amantes da música, filósofos, antropólogos e literatos: O que é a criação nas músicas tradicionais? O que é Belo musical? O que se entende por fidelidade e autenticidade na interpretação? Para tentar responder a estas questões, Jean-Jacques Nattiez comenta, analisa e critica tanto pensadores quanto escritores, ou músicos. Em suma, Discute a questão do Pós-modernismo na música.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora VIA LETTERA
Cód. Barras 9788576360124
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 8576360128
Profundidade 1.50 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2005
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 311
Peso 0.47 Kg
Largura 16.00 cm
AutorNattiez,Jean-jacques