Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

O Fim do Mundo Como Obra de Arte - Um Relato da Cultura Ocidental (Cód: 112486)

Argullol,Rafael

Rocco

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

De: R$ 28,00

Por: R$ 21,00

em até 1x de R$ 21,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 19,95 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


O Fim do Mundo Como Obra de Arte - Um Relato da Cultura Ocidental

R$21,00

Descrição

Neste livro, Rafael Argullol nos apresenta ´a encenação plástica da idéia do fim do mundo´. Erigindo um cenário ensaístico do mais alto nível narrativo (e investigativo), ele utiliza interpretações que integram fatos históricos e personagens de ficção. O relato de Argullol é tecido por sucessivos episódios que configuram uma história com sete grandes protagonistas: Prometeu, o herói de Ésquilo, e com ele o mundo da Tragédia grega; João de Patmos e a herança profético-messiânica expressa no Apocalipse; Fausto, como como símbolos que escapa do domínio de seu criador, Goethe; Hitler e seu sonho de arquiteto: o físico Robert Oppenheimer e o cogumelo atômico, ícone maldito de nossa época. Mas a figura chave que abre e fecha o ´espetáculo´, é Io, filha de Ínaco. Quase desconhecida na modernidade, ela foi muito ilustre na Antiguidade. Após ser possuída por Zeus, foi severamente castigada pelos céus e transformada numa linda vaca, picada eternamente por um moscardo, o que a obrigava a fugir em peregrinação interminável, de sentido indecifrável para ela, até encontrar justamente Prometeu.
Livro de múltipla leitura, é uma reflexão filosófica, uma empolgante simbiose entre Arte e História, Cultura e Ideologia. Mas aos ´amantes do fatal´, aos ´profetas do Juízo Final´, o autor adverte: apesar do teor, não é um ´texto apocalíptico´. É um questionamento dos ´grandes ideais´ que, através de seus símbolos e mitos, ´envenenaram o ar que nos coube respirar´.

Características

Peso 0.17 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora Rocco
I.S.B.N. 853251457X
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 0.60 cm
Número de Páginas 125
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788532514578
Número da edição 1
País de Origem Brasil
AutorArgullol,Rafael