Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

O Município Acessível À Pessoa Portadora de Deficiência (Cód: 1913924)

Leite,Flávia Piva Almeida

Srs Editora

Este produto está temporariamente indisponível no site, mas não se preocupe, você pode reservá-lo para retirada em uma loja física!

Reserve seu produto na loja para retirada em até 1 hora.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 36,00

em até 1x de R$ 36,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 34,20 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


O Município Acessível À Pessoa Portadora de Deficiência

R$36,00

Descrição

A promulgação da Carta Política de 1988 fez nascer a República Federativa do Brasil. Trata-se de uma Federação que se distancia do modelo clássico americano uma vez que naquele País o federalismo prestou-se a aglutinar um sem número de poderes segmentados, enquanto no modelo brasileiro a finalidade é distinta. Foi a forma encontrada para atender aos interesses das lideranças regionais. Um dos interesses notados durante os trabalhos da Assembléia Constituinte em 1987, foi o da frente Municipalista. Atendendo aos anseios desse movimento, na promulgação da Magna Carta de 1988, o Município foi galgado à posição de ente da federação. Trata-se de uma construção sui generis. Além da União, dos Estados-membros e do Distrito Federal, comuns ao Federalismo Americano, a República Federativa do Brasil é composta também pelo Município, nos termos dos artigos 1º e 18 da Constituição Federal. Esse status conferido ao Município acabou por dotá-lo de autonomia, isto é, com capacidade constitucional definida e com previsão de atuação própria; assim, ficou assegurada, dentre as competências municipais, a de legislar sobre interesse local, e nesse contexto, insere-se a competência para legislar para a pessoa portadora de deficiência. O objeto do presente estudo é verificar o dever dos Municípios de cumprirem as legislações e incluírem as pessoas portadoras de deficiência nos espaços públicos, com a eliminação das barreiras arquitetônicas. Da observação cotidiana em alguns Municípios, nasceu o interesse de abordar a questão do acesso da pessoa portadora de deficiência aos diversos espaços públicos.

Características

Peso 0.29 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Srs Editora
I.S.B.N. 9788598030401
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 1.50 cm
Número de Páginas 238
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788598030401
Número da edição 1
Ano da edição 2007
País de Origem Brasil
AutorLeite,Flávia Piva Almeida