Artboard 33atençãoArtboard 18atualizarconectividadeArtboard 42boletocarrinhocartãoArtboard 45cartão SaraivacelularArtboard 42Artboard 23checkArtboard 28Artboard 17?compararcompartilharcompartilhar ativoArtboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32ebookArtboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11fecharfilmesArtboard 23gamesArtboard 4Artboard 9Artboard 6hqimportadosinformáticaArtboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44curtirArtboard 24Artboard 13livrosArtboard 24Artboard 31menumúsicaArtboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44outrospapelariaArtboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35estrelaestrela ativorelógiobuscaArtboard 50Artboard 26toda saraivaArtboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37usuárioArtboard 46Artboard 33Artboard 8seta
e-book

O negro brasileiro e o cinema (Cód: 9213144)

Carlos Rodrigues,João; Jo?o Carlos Rodrigues

Pallas (Edi??o Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 30,90

em até 1x de R$ 30,90 sem juros

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


O negro brasileiro e o cinema

R$30,90

Descrição

O negro brasileiro e o cinema retrata a posição do negro na produção nacional cinematográfica nacional - sua atuação na frente e por trás das câmeras. O livro registra uma triste realidade: o papel do negro está sempre ligado às suas raízes de escravo. Escravo do segundo plano, ao receber quase sempre papéis secundários, com pouca relevância e destaque, ou condenado a representar arquétipos caricaturais: preto velho, negro de alma branca, nobre selvagem, malandro, favelado, crioulo doido, mulata boazuda, entre outros; escravo de uma condição social que dificulta o acesso ao estudo e à cultura e afunila suas chances de atuar na direção/produção nacional de filmes; escravo de sua cor de pele que é usada contra ele próprio, como sinônimo de inferioridade e de submissão; escravo de uma posição tímida da própria comunidade que ainda não tem consciência da importância de unir forças para exigir uma mudança no tratamento da sua imagem pela mídia e pelo cinema brasileiro. É uma obra que, sem dúvida, faz pensar e refletir sobre que tipo de projeção esperamos ver retratados e qual a reflexão que queremos suscitar com essa exibição.

Características

Produto sob encomenda Não
Marca Pallas (Edi??o Digital)
Cód. Barras 9788534705714
Acabamento e-book
Início da Venda 30/09/2015
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Idioma 333
Código do Formato Epub
Número de Páginas 197 (aproximado)
Ano da Publicação 115
Peso 0.00 Kg
AutorCarlos Rodrigues,João; Jo?o Carlos Rodrigues