Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Promoção Visa Checkout

O Romantismo e o Belo Musical (Cód: 1968282)

Videira,Mário

Unesp

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 48,00
Cartão Saraiva R$ 45,60 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 24,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


O Romantismo e o Belo Musical

R$48,00

Descrição

A tese de que a expressão de sentimentos não é o objetivo da música foi defendida pelo conhecido crítico musical vienense Eduard Hanslick (1825-1904) no livro 'Do Belo Musical', publicado em 1854. Sem cair nos equívocos de leituras usuais e apressadas, que insistem apenas no formalismo musical ou na incapacidade semântica da música, em 'O Romantismo e o Belo Musical', o autor Mário Videira consegue esclarecer pontos cruciais daquela polêmica obra de Hanslick.
A afirmação de que os sentimentos não são o conteúdo nem o objeto da música no ensaio Do belo musical abalou profundamente os alicerces da estética musical que se desenvolvia na Europa em meados do século XIX. A obra despertou interesse tanto no campo da Estética como no da Filosofia da Arte, pois Hanslick foi um dos pioneiros a estabelecer uma teoria estética musical autônoma em relação às outras artes.
Após um esboço biográfico e uma breve trajetória intelectual de Hanslick, Videira analisa capítulo a capítulo de Do belo musical. Nesta análise, discute conceitos importantes para a música, como a idéia do belo; a impressão subjetiva; a recepção estética perante a recepção patológica; as relações da música com a natureza; e os conceitos de forma e conteúdo.
'O Romantismo e o Belo Musical' examina ainda a posição peculiar de Eduard Hanslick como tributário da filosofia de seu tempo e da metafísica romântica da música instrumental e, ao mesmo tempo, como enunciador de questões presentes nos escritos teóricos de importantes compositores do século XX e da atualidade.

Características

Peso 0.44 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Unesp
I.S.B.N. 8571397066
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 0.00 cm
Número de Páginas 195
Idioma Português
Cód. Barras 9788571397064
País de Origem Brasil
AutorVideira,Mário