Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Os Porões da República - A Barbárie nas Prisões da Ilha Grande - 1894-1945 - Col. Ilha Grande (Cód: 2661373)

Santos,Myrian Sepúlveda dos

Garamond

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 63,00 em até 2x de R$ 31,50 sem juros
Cartão Saraiva R$ 59,85 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 3x de R$ 21,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


Os Porões da República - A Barbárie nas Prisões da Ilha Grande - 1894-1945 - Col. Ilha Grande

R$63,00

Descrição

A Ilha Grande (RJ) foi durante muito tempo sinônimo de inferno por conta das suas prisões e cárceres. De 1894 a 1994 foram jogados na Ilha pessoas suspeitas de portarem doenças infecciosas, bandidos, bêbados, vagabundos e também presos políticos. O projeto desse longo período era colocar todos esses 'indesejáveis' num lugar distante, incessível e virtualmente invisível. Grande parte desse horror passou a ser mais conhecido em relatos de presos políticos, como Graciliano Ramos e Orígenes Lessa. Mais do que um relato sobre a Ilha Grande, o livro é uma grande reflexão sobre os processos de criação, funcionamento e desenvolvimento do sistema penitenciário em nossa sociedade. No momento em que o número de prisões tem aumentado em todo o mundo, estudos como esse tornam-se cada vez mais necessários.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Garamond
Cód. Barras 9788576171607
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788576171607
Profundidade 2.00 cm
Acabamento Brochura
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 334
Peso 0.46 Kg
Largura 16.00 cm
AutorSantos,Myrian Sepúlveda dos