Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

Oscar Wilde Para Inquietos (Cód: 4044326)

Percy, Allan

Sextante / Gmt

Este produto está temporariamente indisponível no site, mas não se preocupe, você pode reservá-lo para retirada em uma loja física!

Reserve seu produto na loja para retirada em até 1 hora.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 24,90

em até 1x de R$ 24,90 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 23,66 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Oscar Wilde Para Inquietos

R$24,90

Descrição

Oscar Wilde para inquietos é uma aula de filosofia extraída da vida e da obra do consagrado autor de O retrato de Dorian Gray. Nas frases ditas por Wilde ou naquelas expressas por seus célebres personagens, encontramos uma ironia única e uma sabedoria imortal que refletem o brilhantismo de um homem que aproveitou ao máximo os prazeres da vida, sem deixar de observá-la criticamente. Cada capítulo traz uma frase marcante do escritor, que Allan Percy comenta e desenvolve, entrelaçando-as a pensamentos de pessoas renomadas em áreas que vão da dramaturgia à educação, da música à filosofia. São 99 máximas que tratam de assuntos variados, como amor, dinheiro, amizade e convívio social, com uma linguagem clara que põe ao alcance de todos até mesmo a ideia mais refinada. Você passará a ver o cotidiano sob um novo prisma, irreverente, crítico e, ao mesmo tempo, sofisticado e cheio de esperança. Veja alguns pensamentos deste livro: Seja você mesmo. Todas as outras personalidades já têm dono; Não quero ir para o céu: nenhum dos meus amigos está lá; Amar a si mesmo é o começo de um romance que vai durar a vida inteira; Ela se comporta como se fosse bela. Esse é o segredo do seu encanto; Dinheiro não traz felicidade, mas dá uma sensação tão parecida que é necessário um especialista para ver a diferença; As riquezas comuns podem ser roubadas, mas as de verdade, nunca. Em sua alma há coisas infinitamente preciosas que ninguém jamais poderá tirar de você; A insatisfação.

Características

Peso 0.16 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora Sextante / Gmt
I.S.B.N. 9788575427705
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 1.00 cm
Idioma Português
Acabamento Brochura
Tradutor Joana Angélica d’Avila Melo
Cód. Barras 9788575427705
Número da edição 1
País de Origem Brasil
AutorPercy, Allan

Leia um trecho

1. Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe. Em tese, viver é o que todos nós fazemos antes que a morte chegue. Porém, o significado de “viver” varia normemente de uma pessoa para outra, a ponto de, segundo a filosofia de Oscar Wilde, reduzir-se, para algumas, a um mero “existir”. 2. Seja você mesmo. Todas as outras personalidades já têm dono. Há muitas pessoas mundo afora levando uma vida que não lhes satisfaz, às vezes por seguir um caminho traçado pela família, às vezes por desejar atender as expectativas da sociedade. 3. Dinheiro não traz felicidade, mas dá uma sensação tão parecida que é necessário um especialista para ver a diferença. Álex Rovira Celma, autor de Os sete poderes e coautor de A boa sorte, costuma dizer que o dinheiro não corrompe uma pessoa, mas amplifica suas virtudes e seus defeitos. Uma pessoa de bom caráter que enriqueça ajudará o próximo, ao passo que uma pessoa sem escrúpulos canalizará o dinheiro para atividades destrutivas. 4. Todos estamos deitados na sarjeta, só que alguns estão olhando para as estrelas. Esta citação foi tirada de O leque de Lady Windermere, uma obra de teatro de Oscar Wilde que estreou em Londres em 1892. Ela nos faz lembrar que, independentemente de nossa situação, o que importa é a perspectiva que mantemos. 5. A verdade raramente é pura e jamais é simples. A maioria dos atritos nasce do fato de uma pessoa acreditar que sua verdade é infalível e está acima da verdade dos outros. Essa atitude limita nosso comportamento a ações rígidas e nos torna insensíveis aos demais. 6. O homem que se ocupa do passado não merece ter um futuro. Uma tradicional narrativa zen conta que um homem certo dia caminhava pela selva quando deu de cara com um tigre fe-roz. Correu o máximo que pôde, mas logo chegou à beira de um precipício. Desesperado, escalou uma videira e ficou pendurado sobre o abismo. Enquanto estava suspenso ali, duas ratazanas apareceram e começaram a roer a árvore. De repente, o homem viu um cacho de uvas. Arrancou-as e as levou à boca. Eram as mais deliciosas que ele já provara na vida! 7. Não quero ir para o céu: nenhum dos meus amigos está lá. É válido acreditar na existência de outra vida, na qual seremos compensados pelos sofrimentos terrenos, mas isso não deve servir de desculpa para perdermos a única vida que temos agora: esta. 8. Os que são amados pelos deuses amadurecem sem envelhecer. O filósofo dinamarquês søren KierKegaard, que sem dúvida conhecia Oscar Wilde, refletiu, entre muitas outras coisas, sobre quais atitudes mantêm o espírito jovem e quais o desgastam. Amadurecer sem envelhecer é uma questão de se voltar para o momento presente, deixando de lado perspectivas que nos limitam e nos fazem sofrer. 9. Qualquer um pode fazer uma coisa. O mérito está em fazer o mundo acreditar que foi você quem a fez. E sColhemos um Carro de determinado modelo, compramos roupa de certa grife, temos preferência por alguns artigos, mas marcas e selos de qualidade não são algo exclusivo a produtos. Vale a pena nos fazermos algumas perguntas: E eu, de que marca sou? O que “vendo” aos outros? Que imagem projeto? 10. Não sou jovem o suficiente para saber tudo. É Comum darmos à experiênCia mais crédito do que ela de fato merece. Acumular conhecimentos não significa necessariamente adquirir sabedoria. Muitas vezes resulta justamente no contrário: em um excesso de filtros, o que dificulta que a pessoa veja a realidade.