Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 42 Artboard 21 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 42 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 23 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 6 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 43 Artboard 44 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 46 Artboard 8

Para Entender o Anarquismo - Col. Polêmica (Cód: 153018)

Petta,Nicolina Luiza; Delfini,Luciano

MODERNA

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 30,90

em até 1x de R$ 30,90 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 29,36 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Para Entender o Anarquismo - Col. Polêmica

R$30,90

Descrição

Entre as doutrinas socialistas e igualitárias, o anarquismo é o movimento mais radicalmente libertário, sem concessões para com as instituições autoritárias de qualquer natureza, seja o Estado, a Igreja ou a família convencional. Nessa obra são relatados os antecedentes do ideal anarquista, desfazendo-se mal-entendidos decorrentes de conotações pejorativas que visam esqualificá-lo. Após discorrer sobre os principais teóricos do século XIX e a primeira experiência de autogestão, a Comuna de Paris, os autores analisam o anarquismo no Brasil. Discutem como para os militantes o estímulo ao desenvolvimento da cultura operária adquire um sentido de resistência ou oposição à cultura burguesa e de criação de identidade social. Além da atuação nas fábricas e do confronto explícito nas greves, os anarquistas difundem os novos valores por meio de jornais, poesias, formação de bibliotecas, festas, teatro, além de montar escolas voltadas para a crítica da ideologia burguesa e para a conscientização de classe.

Características

Peso 0.16 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora MODERNA
I.S.B.N. 8516041417
Altura 23.00 cm
Largura 16.00 cm
Profundidade 0.50 cm
Número de Páginas 95
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788516041410
Número da edição 1
Ano da edição 2004
País de Origem Brasil
AutorPetta,Nicolina Luiza; Delfini,Luciano