Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
e-book

Poemas reunidos (Cód: 9354480)

Alberto da Costa e Silva

Nova Fronteira (Livros Digitais)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 19,90
Cartão Saraiva R$ 19,90

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Poemas reunidos

R$19,90

Descrição

Poeta interessado principalmente na questão do tempo, das relações humanas e da morte, dono de uma poesia que brota de uma sensibilidade extremamente aguçada para a transitoriedade humana, Alberto da Costa e Silva tem produzido uma grande obra quase em segredo. Em suas memórias (Espelho do príncipe, também lançado pela Nova Fronteira), o poeta restaurou o ambiente familiar e humano em que se deram suas descobertas do mundo. É um de nossos grandes livros de memória e mostra a marcante presença do pai enfermo, configurando sua maneira de ver o mundo. O poeta, que não aceita o ter sido, retorna a seu reino perdido por meio do espelho da memória. Não lhe coube reinar, mas ser apenas o príncipe. E é na condição de infante que ele restaura os móveis humanos de sua pátria mais íntima.O memorialista, na verdade, é um desdobramento do poeta que assume a tarefa de manter sempre vivo o que já foi e continua sendo. Já se disse que o grande motivo poético de sua obra é a figura paterna. Isso, no entanto, é apenas uma meia verdade. Não existe uma única figura privilegiada em sua poesia. Ela sidera em torno das pessoas queridas, principalmente dos familiares. A poesia é, para Alberto da Costa e Silva, uma forma de neutralizar a orfandade humana que ele, grande herdeiro do transitório, sente de maneira mais profunda do que as demais pessoas. De todas as que aparecem nestes Poemas reunidos, a mais saliente é sua mulher. Vera é o símbolo da permanência, como podemos ver num dos sonetos a ela dedicados, no qual o poeta diz que “O que passa persiste no que tenho”. A mulher amada continua sempre idolatrada, apesar do chegar da velhice, vista em oposição à juventude, mas como seu prolongamento natural e necessário.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Nova Fronteira (Livros Digitais)
Cód. Barras 9788520940563
Acabamento ebook
Início da Venda 07/07/2016
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Idioma 333
Código do Formato Epub
Número de Páginas 228 (aproximado)
Ano da Publicação 114
Peso 0.00 Kg
AutorAlberto da Costa e Silva