Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 42 Artboard 21 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 42 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 23 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 6 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 43 Artboard 44 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 46 Artboard 8

Poesia de Brasília: Duas Tendências (Cód: 2592509)

Pinto,J. R. De Almeida

Thesaurus

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 20,00

em até 1x de R$ 20,00 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 19,00 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Poesia de Brasília: Duas Tendências

R$20,00

Quer comprar em uma loja física? Veja a disponibilidade deste produto

Entregas internacionais: Consulte prazos e valores de entrega para regiões fora do Brasil na página do Carrinho.

ou receba na loja com frete grátis

X
Formas de envio Custo Entrega estimada

* Válido para compras efetuadas em dias úteis até às 15:00, horário de Brasília, com cartão de crédito e aprovadas na primeira tentativa.

X Consulte as lojas participantes

Saraiva MegaStore Shopping Eldorado Av. Rebouças, 3970 - 1º piso - Pinheiros CEP: 05402-600 - São Paulo - SP

Descrição

Neste livro, José Roberto de Almeida Pinto estuda e compara duas tendências da poesia de Brasília - a que designa como 'poesia culta' e a chamada 'poesia marginal'. O trabalho baseia-se em análise textual de poemas que se consideram representativos das duas tendências. Exemplificam a poesia culta textos de quatro poetas; Anderson Braga Horta, Domingos Carvalho da Silva, Marly de Oliveira e Cassiano Nunes; poemas de outros quatro autores representam a poesia marginal - Nicolas Behr, Francisco Alvim, Eudoro Augusto e Turiba. É examinada no trabalho a parte vinculável a Brasília da obra desses oito poetas. Antes de iniciar o estudo e cotejo dos textos, Almeida Pinto discute a questão dos critérios para a definição da poesia 'de Brasília' e para a escolha dos poemas a serem analisados. Defende, como o mais adequado ao caso de Brasília, o critério de recepção, expresso no reconhecimento da obra como parte formadora da tradição literária local, e indica o procedimento adotado, em consonância com esse critério, para a seleção dos autores e seus poemas. Apresenta, ainda, um panorama sucinto das manifestações coletivas tendentes à conformação de uma tradição poética em Brasília. A análise dos poemas cobre quatro aspectos; a linguagem; a temática; a posição que assumem em relação ao patrimônio cultural; e a concepção que transmitem do papel da poesia e do poeta. Identificam-se, em todos esses planos, traços que aproximam os poemas classificados em cada tendência e que distinguem uma vertente da outra. O exame da poesia culta e da poesia marginal não se preocupa com as diferenças individuais entre os poetas, e sim com as características de conjunto das duas tendências. Para cada característica apontada, mencionam-se exemplos e se reproduzem trechos pertinentes dos poemas. Ao tratar da poesia culta, a análise sublinha a preocupação dos escritores com a elaboração do texto, que se traduz de diversas formas, entre as quais a variedade nas estruturas dos poemas e a constância no uso das figuras de retórica da área da metáfora. Salienta, ainda, a universalidade dos temas; a inserção na tradição cultural e literária da humanidade, não com o sentido de contestá-la, mas com o ânimo de desenvolvê-la ou renová-la; e a percepção do exercício da poesia como meio de realização ou aperfeiçoamento interno e externo. Os comentários sobre a poesia marginal destacam, por contraste, o coloquialismo da linguagem e, entre as figuras de retórica, os processos de repetição e a ironia; no plano temático, ressaltam a marca da momentaneidade, as anotações rápidas de fatos circunstanciais, muitas vezes voltadas para incisiva crítica de comportamentos sociais e da situação política do país; e assinalam a forma iconoclasta com que é vista a tradição cultural, assim como a desmitificação da poesia, do poeta e da própria 'luta literária'. O autor registra a dívida da poesia marginal de Brasília para com a poesia marginal do Rio de Janeiro e a afinidade de ambas com a 'fase dinâmica' do Modernismo (1922-30).

Características

Peso 0.15 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Thesaurus
I.S.B.N. 9788570623577
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 0.60 cm
Número de Páginas 133
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788570623577
Número da edição 1
Ano da edição 2002
AutorPinto,J. R. De Almeida