Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Poesia Pois É Poesia (Cód: 162897)

Pignatari, Decio

Atelie

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 96,00 em até 3x de R$ 32,00 sem juros
Cartão Saraiva R$ 91,20 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 4x de R$ 24,00 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 3x sem juros de R$ 0,00


Poesia Pois É Poesia

R$96,00

Descrição

A poesia modernista, iniciada com a Semana de Arte Moderna de 1922, bem como a poesia concreta, lançada em dezembro de 1956 no Museu de Arte Moderna em São Paulo, levaram algum tempo para atingir um público mais amplo. Mas, hoje, tanto uma quanto a outra são decisivas para a compreensão do que se entende por poesia brasileira do século XX. Enquanto a primeira construiu a sua novidade sobre o lema da libertação da suposta camisa-de-força imposta pelas rima e métricas, a segunda o fez em torno do combate à exclusividade do verso e do longo sobre os vários sentidos da poesia, incorporando ao seu fazer, com o máximo de destaque, o significante, o signo visual. Este livro representa cinqüenta anos da poesia de Décio Pignatari, um dos criadores do movimento concretista e de uma poesia em que a palavra vira figura sonora, visual, quase táctil.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Atelie
Cód. Barras 9788574801193
Altura 24.50 cm
I.S.B.N. 8574801194
Profundidade 1.70 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2004
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 340
Peso 0.78 Kg
Largura 18.50 cm
AutorPignatari, Decio