POESIAS, PROSAS E NARRATIVAS - ao leitor Textos Cruéis Demais Para Serem Lidos Rapidamente

(Cód:
10513759
)

Vendido e entregue por

Por: R$ 15,00

Preço a vista: R$ 15,00

0

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.

Mas não se preocupe, para ser avisado quando ele voltar ao estoque, basta preencher os campos abaixo:

Cadastrado com sucesso, assim que o produto for disponibilizado você receberá um email avisando.
Error ao solicitar Avise-me

Ou procure uma loja próxima de você.

Encontre perto de você
Comprar
Comprar

Saiba mais sobre produtos usados

Os produtos classificados como "REEMBALADOS" foram devolvidos por um cliente ou tiveram sua embalagem original danificada. São reembalados e oferecidos com desconto após passarem por uma inspeção técnica, garantindo suas perfeitas condições estéticas e funcionais.

DISPONIBILIDADE DE ESTOQUE

Para produtos de Outlet o estoque é limitado e por esse motivo as oportunidades de compra são únicas. Se após a compra forem apontados vícios de fabricação do produto, o consumidor poderá solicitar a devolução dos valores cobrados de acordo com a política de devoluções da Saraiva.

IMAGENS NO SITE

As imagens são meramente ilustrativas de um produto novo e não correspondem com exatidão ao estado dos produtos reembalados e suas embalagens. Os produtos reembalados são exibidos no site com o selo REEMBALADO para que se destaquem dos demais produtos.

GARANTIA

Todos os produtos REEMBALADOS foram inspecionados, estão em perfeitas condições de uso e têm garantia para vícios de fabricação com o fornecedor. Caso constate algum defeito de fabricação, encaminhe o produto ao fornecedor para análise.

EMBALAGEM E CONTEÚDO

Os produtos são entregues na embalagem original retrabalhada, com possíveis alterações, ou em embalagens neutras lacradas. Recuse o recebimento de qualquer encomenda que tenha indícios de violação na embalagem. Contém todos os acessórios e manual, conforme inclusos originalmente pelo fornecedor.

DEVOLUÇÃO

O prazo para desistir da compra é de até 7 (sete) dias corridos, a contar da data de entrega. O produto deve ser encaminhado com todos os seus componentes e na mesma embalagem em que foi recebido. Devido ao estoque limitado das mercadorias, não é possível trocar os produtos, apenas devolvê-los e solicitar a restituição do valor pago. O valor pago será restituído pelo mesmo meio de pagamento utilizado na compra. Para mais informações, verifique nossa Política de Trocas e Devoluções.

APARÊNCIA E FUNCIONAMENTO

São produtos em perfeito estado estético e com aparência de novos. Todos os produtos reembalados foram inspecionados e estão em perfeito funcionamento

Saiba mais sobre produtos usados

Os livros USADOS vendidos na nossa categoria Outlet são livros com avarias mas que mantém sua integridade de conteúdo original permitindo uma leitura muito próxima dos livros novos. Esses produtos podem apresentar páginas ou capas amassadas, manchas, com riscos ou sinais de uso além de poder estar fora de sua embalagem original.

DISPONIBILIDADE DE ESTOQUE

Para produtos de Outlet o estoque é limitado e por esse motivo as oportunidades de compra são únicas. Se após a compra forem apontados defeitos de funcionamento do produto, o consumidor poderá solicitar a devolução dos valores cobrados de acordo com a política de devoluções da Saraiva.

IMAGENS NO SITE

As imagens são meramente ilustrativas de um livro novo com exemplos de unidades que apresentam sinais de uso, os quais podem ou não estar presentes na unidade posta à venda. Os livros usados são exibidos no site com o selo USADO para que se destaquem dos demais produtos.

CARIMBO DE LIVRO USADO

Os livros usados recebem o carimbo de "Vendido no Estado, Troca não Autorizada" na capa e/ou contra-capa para identificar os produtos que não podem ser trocados.

EMBALAGEM E CONTEÚDO

Os produtos são entregues na embalagem original retrabalhada, com possíveis alterações, ou em embalagens neutras lacradas. Pode não conter capas e/ou invólucros especiais, especialmente em kits e boxes.

DEVOLUÇÃO

O prazo para desistir da compra é de até 7 (sete) dias corridos, a contar da data de entrega. O produto deve ser encaminhado com todos os seus componentes e na mesma embalagem em que foi recebido. Devido ao estoque limitado das mercadorias, não é possível trocar os produtos, apenas devolvê-los e solicitar a restituição do valor pago. O valor pago será restituído pelo mesmo meio de pagamento utilizado na compra. Para mais informações, verifique nossa Política de Trocas e Devoluções.

APARÊNCIA E FUNCIONAMENTO

O livros usados podem apresentar amassados, marcas, manchas, riscos ou sinais de uso. Esses sinais estéticos não comprometerão o a leitura nem a integridade do conteúdo original. Todos os produtos usados foram inspecionados e estão em condições de leitura.

Exemplos de Aparência e Estado

AMASSADO OU DOBRADO

Apresenta capa e/ou páginas amassadas ou com dobras.

RASGOS E DANOS

Pode apresentar caixa ou capa danificada e/ou ausência de invólucro.

RISCADO, MANCHADO OU DESGASTADO

Interferências perceptíveis na capa ou páginas.

ETIQUETAS COLADAS

Pode apresentar etiquetas coladas na capa.

Descrição

POESIAS, PROSAS E NARRATIVAS é uma excelente obra de literatura brasileira do autor pernambucano FÁBIO BRAGA, especialista em escrever textos inserindo linguagens variadas. A Editora Caetés libera alguns trechos da obra para a Apresentação na Saraiva, confira: FALANDO DE AMOR – Dor - Quando não se quer morrer nem viver, como quem não saiba o que deva sentir, vive-se para viver ou para não se ter de morrer, fecham-se os olhos no sentido de não se ver ou para que se vejam sem sentir o que não se queira crer... Se a voz se cala, o corpo congela, os pensamentos paralisam no tempo, nem o mormaço nem o vento, somente os nervos de aço corroendo por dentro... Não se sabe se a hora é de ficar ou partir, pensar ou agir... Quando nada mais interessa, para que a pressa?.. Se a esperança é a primeira a morrer, a dor da saudade torna a ferir e o fio da navalha a socorrer... – FALANDO DE POLÍTICA – Ouros de Tolos - Em várias versões essa novela de que se movem as cidades com pressa, naquele formigueiro danado de gente, com ou sem crachás, labutando na busca de realizações que não findam... As mais das vezes agonizam as massas humanas, as mesmas contorcidas nas argamassas dos espigões que sobem desesperados na querência de, a todo custo, se alcançar o último piso... Na ajustagem dessa escalada imprópria, curvadas aos sinaleiros repreensivos, multidões domadas e estarrecidas dialogam com as paredes das muralhas insensíveis divisores de ideologias... A boa notícia é que defensores dos direitos à vida, de lentes bifocais de cima, anteveem as analogias casuísticas urtigadas pelos esquinões abertos ao domínio dos cidadãos incivilizados seguindo os paralelos sem fio... Pois indevassáveis as pontes e as correntezas se um nematóide rio passa despercebido; uma corrente de sujeitos e máquinas que se afinam, freando imaginações fertilíssimas de bestas-humanas falidos; indivíduos trazendo em si chips apropriados a seres cibernéticos autodestrutivos - tais tipos de pessoas em crise, à beira dos caminhos de abismo... Reforçam a tese dos escritores banidos, ao abordarem os calangos robotizados e suas câmeras de fiscalização, monitorando desde umbrais de estepes seminuas até cenáculos de chapadas engolidas pela tara desenfreada dos meios de produção; e para engrossar essa montra na calma desmedida dos operários, ao se terem desalmadas estruturas impedidas de elevações, vê-se que abarrotam seus andaimes arcaicos dos ligeiros artefatos de aberturas e a exemplo das brocas invertidas se perfuram no trabalho estimulado à força bruta; onde permanecerão escravizados submissos aos aliados paquidermes das matrizes sanguessugas... Entrementes, circulam nos anais da burguesia pasquins e periódicos de servidores-peões explicando a realidade pura e simplesmente avessa, quando nadam no nada dos saldos zeros os sem-conta dos bancos dos funis da riqueza insípida, que oscilam e oscilam nessa triste base escalena de falsa democracia.. Como consequência, é geralmente à tardinha que os subprodutos do meio se refugiam em singelas ocas de joões-de-barro, iguaizinhos a bandos de pardais frustrados e combalidos dado ao poderio fantasmagórico e vespertino dos albatrozes espantalhos... Já nos pódiuns, quanto aos trustes pelos líderes, ofuscam-se em meio a tudo utópicas e valiosas medalhas; há quem diga que platônicos são os coxos e manetas que entre si se atracam; e, no hipotético, que vençam os mais ágeis nas pistas do truísmo apocalíptico de iluminautas transcendentais... Tudo em razão de que não se furtam os mares uma vez navegados, munidos de pequeníssimas caravelas manobradas por adáctilos e tetraplégicos, porque não há mais sequer embarcações que sustentem o espírito diminuído dos velejadores lançados aos estaleiros fabricando para o mundo daqui descendentes de patotinhas ébrias... Pois, a bordo de míticas carrancas inoperantes ancoram como corsários anciões, nos átrios ociosos, de espadas sem espadachins, onde zarpam os almirantes com as esmeraldas e encalham os piratas a verem navios nos ouros de tolos desse país... – FALANDO DE CIÊNCIAS – Os Mestres – Parte 3 - Está sem potência, caiu em desânimo, jovem?...Grave isto: Se o problema é o fator ambiente, que não passa daquilo, não o inspira ordem e progresso, inconveniente que se culpe as pracinhas e os munícipes boas praças pragmá-ticos dessa localidade, se você, por força maior, tiver por algumas horas de permanecer ali... De volta à estrada, parta para onde você se sinta em estado de renovação constante, sem correr da parada de superar as tribulações que estão por vir... Que a alegria interior exponha feições de homem destituído de revoltas, homem de bem com a vida, farto de vivacidade, de desejos de amar mais que o amável e de querer mais que o possível... E encerrado o minuto de silêncio pela morte do seu eu de outrora, siga uma modinha de elevar os ânimos de qualquer um que ouse cair em depressão... Quem dita o ritmo é tu: Se quiseres cantar os iê-iê-iês dos Beatles e os i-love-yous de Elvis e Sinatra, voa passarinho, voa e entoa o teu canto lá do alto... Mahatma Gandhi fez valer dos sem-terra livres o seu legado, chutou os penicos dos quartéis e calou os ratimbuns dos militares; brinde por nós tintins por tintins nos ôba-ôbas siderais e ouça as dez mais dos fogos-apagou de um árido solo a arborescer ou o chuá-chuá das ondas calmas no vaivém dos verdes mares... E se não pensas em ser gagá, sem essa de Guevara e seus fidéis ou Napoleão e seus iguais; queima o filme do mata-mata dos fuzis no ra-ta-ta-tá dos arsenais, esfrega a lâmpada de Aladim, e vapt-vupt, embrulha para viagem a tua paz...Cavalos brancos não são brancos, Monalisas não sorriem, super-homens estão no além e Charles Chaplins em teus quintais... Simula as ações desses aí e copia a arte desses de lá; não tem medo, medo é ruim; sendo legal o teu currículo, clic-clac de algema alguma irá te aprisionar; triunfa em ti são e salvo e realiza-te; ordena a ti juras felizes e extra-extra, tudo joia, joinha mesmo, haverá de estar... Vem depressa, que atrás vem gente, segue em frente ou vá de bandinha; vá por mim, meu camaradinha; te toca no ta-ta-tá de teus clarins e no baticum de teus tambores, desliga o plimplim de teus reclamos e entre em cadeia o eu-te-amo a teus amores... E assim que sentires o independência-ou-morte saindo dos teus teclados, sem parar, parar por quê? Dá um grau no teu saber e, abracadabra, eis o músico PHD, pacifista e libertário... Quem avisa, amigo é; olhaí as cascas de banana para quem quiser; não engole cogumelos, pafes-pufes globalizados, não sejas alienado; a melhor droga é a gana; cuidado com os elixires daquele mago; dá o fora da cratera dos assédios, montando nos patracotracos do teu solado... Faz iô-iô para cima com teu pé de meia; costura a tua estrela, embala os tricôs da tua sorte; pisa no chão, pisa forte, de leste a oeste, do sul ao norte; senão faremos cara feia, buá-buá, ai, meu dodói, por causa das balas perdidas do bang-bang entre mocinho e bandido que um a um nos destroem. ---- O e-book em formato PDF contém 130 páginas com as seguintes partes: FALANDO DE AMOR..... 06 - Dor ( 7 ) Motins ( 8 ) Poema Ilógico de Um Sucinto ( 9 ) Coração Libertado ( 11 ) Estereótipos de Carnavais ( 13 ) Rosa Carioca ( 15 ) Habitat Glacial ( 18 ) - FALANDO DE MIM..... 20 - A Maga Elétrica ( 21 ) Mamãe ( 23 ) O Velho ( 25 ) Primo ( 28 ) Vida de Um Quase Aposentado ( 30 ) Alfinetes de Prismas ( 34 ) Luta Contra o Mal ( 36 ) Indecisão ( 40 ) Pérola Rara ( 42 ) Peixe Pai, Peixinho Filho ( 44 ) Campinas, Minha Infância ( 45 ) Punho de Espada ( 47 ) - FALANDO DE AMIGOS..... 48 - Fisicultor ( 49 ) De Amiga para Amiga ( 50 ) Três da Manhã ( 52 ) Triste Aquarela ( 53 ) Brazuca de Volta a Minas ( 55 ) - FALANDO DE POLÍTICA..... 60 - Ouros de Tolos ( 61 ) Política e Sexo ( 65 ) Terra da Balbúrdia ( 67 ) Justiça Neles! ( 71 ) O Mundo do Amanhã ( 78 ) Eu, Presidente da República ( 80 ) Nação Vulnerável ( 85 ) É Luta ( 86 ) Corrupto Arrependido ( 90 ) Latifúndio ( 93 ) - FALANDO DE CIÊNCIA..... 94 - Sonhos de Consumo ( 95 ) A Aranha Fininha ( 97 ) Vento ( 98 ) Sete Dicas a Uma Excelente Tirada Diária ( 100 ) Ficha do Criminoso ( 102 ) Tupis Encorujados ( 104 ) Mensagens do Espaço ( 106 ) Somos o Que Somos ( 111 ) O que, Hein? ( 112 ) Antes de Mais Nada ( 114 ) Os Mestres ( 116 )

Caracteristicas

AutorBraga,Fábio, Braga,Fábio
Formato Livro Digitaltrue
Sob Encomendafalse
Fora de Linhafalse
CentímetroMetroKilogramaGrama

Dimensões

POESIAS, PROSAS E NARRATIVAS - ao leitor Textos Cruéis Demais Para Serem Lidos Rapidamente
Altura: 0,00 Centímetro
Largura: 0,00 Centímetro
Profundidade: 0,00 Centímetro
Peso: 0,00 Grama

Outros livros do autor

    Vendido e entregue por: