Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
e-book

Política de Animais: Teia de Ilusões (Cód: 9345853)

Eudes da Silva Pinto

publique-se!

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 10,00
Cartão Saraiva R$ 10,00

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Política de Animais: Teia de Ilusões

R$10,00

Descrição

De dois em dois anos, temos eleições e vemos que as táticas e estratégias para conquistar o eleitor são sempre as mesmas, o que muda é uma figura ou outra nas candidaturas. Temos candidatos dos mais variados perfis: caçadores vorazes, predadores natos, dissimulados, duas caras e até mesmo bodes expiatórios que entram na política para dividir opinião e voto. A maior parte faz estelionato eleitoral e vence as eleições através de “doações” de empresas financiadoras de campanha, que posteriormente sempre ganharão licitações do governo.
Será que bandos vorazes e sanguessugas corruptos podem representar um povo humilde e trabalhador? Será que o povo gostaria que uma corja desta espécie fosse revestida de imunidade parlamentar? Será que a zoocracia é o melhor vernáculo para traduzir o “poder” do povo que morre nos corredores dos hospitais, que carece de educação, segurança, justiça, seriedade e respeito?!
Por outro lado, infelizmente o povo não vê importância no seu voto, basta o candidato ser agradável para consegui-lo, ou contar a melhor história e fazer as melhores promessas. É só fabular um pouquinho que o povo tende a acreditar.
A política tem mais haver com o comércio do que com a própria democracia, resultado disso são milhões doados para financiamento de campanha ou mesmo venda de votos no Congresso para aprovar leis que beneficiam o governo. É um verdadeiro toma-lá-dá-cá que faz da política um comércio. Portanto esses “representantes” do povo, representam seus interesses pessoais e daqueles que os financiam, não os do povo, que no final das contas leva um verdadeiro tapa na cara.

Características

Peso 0.00 Kg
Produto sob encomenda Sim
Marca publique-se!
Idioma 333
Acabamento e-book
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Pdf
Gratuito Não
Proteção Drm Não
Coleção / Série Política de Animais
Início da Venda 05/06/2016
Código do Formato Pdf
VOLUME 2
Cód. Barras 9999093458533
Número da edição 1
Ano da edição 2016
AutorEudes da Silva Pinto