Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Princípio da Presunção de Inocência no Brasil - O Conflito Entre Punir e Libertar (Cód: 185619)

Camargo,Monica Ovinski de

Lumen Juris

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 83,00 em até 2x de R$ 41,50 sem juros
Cartão Saraiva R$ 78,85 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 4x de R$ 20,75 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


Princípio da Presunção de Inocência no Brasil - O Conflito Entre Punir e Libertar

R$83,00

Descrição

Finalmente a dissertação de mestrado de Mônica é publicada em forma de livro. [...] Reporto-me a Paula Bajer, integrante da banca examinadora, para quem a maior contribuição de Rui Barbosa foi revelar a importância política do direito e a importância jurídica da política. Unindo direito e política, Rui Barbosa mostrou que o direito, não obstante possa e deva ser construído segundo critérios sistemáticos objetivos, nunca está dissociado da política. Portanto, pode e deve ser instrumento para a realização de finalidades republicanas. O trabalho de Mônica se insere nesse campo de análise, enriquecendo a pesquisa do processo penal brasileiro. Relacionando as decisões judiciais e o contexto político nacional, de 1948 a 2001, conclui que o princípio da presunção da inocência erigido como princípio da Constituição de 1988 representa a opção pelo indivíduo. Esta a sua matriz política, da qual depende a sua adoção e aplicação. Por isso, insta os juízes a deixar de “remendar com trapos velhos uma veste nova, como é o caso de manter o 594 do CPP válido perante a Constituição, desde que aplicado de acordo com as regras do 312, tudo no afã de continuar permitindo a prisão fundada em decisão recorrível”. [...] A pesquisa, como ressaltado pela própria autora, desenvolve-se na perspectiva dos direitos fundamentais. Este é o marco filosófico que perpassa toda a sua argumentação. Levantamento cuidadoso dos acórdãos, marco teórico definido, análise criteriosa dos argumentos desenvolvidos nos julgados, a soma desses elementos representa uma técnica a ser aplicada na pesquisa de outros temas, visando produzir maior e melhor conhecimento sobre como funciona o controle jurídico-penal no Brasil. Isto, sem dúvida, a autora nos proporciona.”

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
Cód. Barras 9788573877328
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 8573877324
Profundidade 1.50 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2005
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 317
Peso 0.46 Kg
Largura 16.00 cm
AutorCamargo,Monica Ovinski de

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Princípio da Presunção de Inocência no Brasil - O Conflito Entre Punir e Libertar