Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Quem Escreverá Nossa História? Os Arquivos Secretos do Gueto de Varsóvia (Cód: 2852650)

Kassow,Samuel D.

Companhia Das Letras

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 72,90

em até 2x de R$ 36,45 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 69,26 (-5%)

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Origem

R$ 49,90

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 2x sem juros de R$ 0,00


Quem Escreverá Nossa História? Os Arquivos Secretos do Gueto de Varsóvia

R$72,90

Descrição

Em 1940, em meio à miséria do gueto de Varsóvia, o professor de história Emanuel Ringelblum criou a Oyneg Shabes [Alegria do Sábado], uma organização secreta cujo objetivo era estudar e documentar todos os aspectos da vida dos judeus confinados. Ele contatou cerca de sessenta pessoas para pesquisar e escrever sobre temas tão variados quanto o funcionamento das cozinhas que forneciam sopas, a visão que as pessoas tinham do futuro, a colaboração da polícia judaica com os nazistas, os esquemas de economia clandestina, as relações entre judeus e poloneses.

No arquivo, coletaram papéis de balas, cartões de racionamento, convites para concertos e palestras, desenhos, fotos, cartazes de teatro, canções de rua, cartazes alemães que prometiam pão e marmelada para quem se apresentasse voluntariamente para a deportação, e cartazes judeus que conclamavam à resistência armada. Nos últimos dias do gueto, os documentos do arquivo, guardados em latas, foram enterrados.

A história geral é terrível e conhecida: dos 450 mil judeus amontoados nos quatro quilômetros quadrados do gueto em 1940, mais de 80 mil morreram de fome nos dois primeiros anos, 300 mil foram mandados para os campos de extermínio em meados de 1942 e os restantes 60 mil, mortos ou deportados depois do levante do início de 1943. Dos cerca de sessenta colaboradores do arquivo Oyneg Shabes, apenas três sobreviveram e depois da guerra ajudaram a desenterrar o arquivo dos escombros.

Características

Peso 0.44 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora Companhia Das Letras
I.S.B.N. 9788535915594
Altura 23.00 cm
Largura 16.00 cm
Profundidade 1.00 cm
Número de Páginas 584
Idioma Português
Tradutor Denise Bottman
Cód. Barras 9788535915594
Número da edição 1
Ano da edição 2009
País de Origem Brasil
AutorKassow,Samuel D.