Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Regime da Segurança Alimentar na União Europeia (Cód: 1992332)

Frota,Ângela Maria Marini Simão Portugal

Juruá

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 59,90
Cartão Saraiva R$ 56,91 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 29,95 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Regime da Segurança Alimentar na União Europeia

R$59,90

Descrição

O regime europeu da segurança alimentar constitui a reacção das autoridades europeias aos sucessivos flagelos que atingiram a Europa, nos anos 80 do século transacto, e de que a encefalopatia espongiforme bovina (a denominada doença das vacas loucas) constituiu a causa próxima.
A obra traduz, em linguagem acessível, os imperativos de uma extensa obra legislativa, regulamentar e administrativa que tende, entretanto, à uniformização do regime de Helsínquia a Faro e de Bordéus a Lubliana.
O que se pretende é que, - na aldeia global em que o mundo se converteu, - se definam procedimentos, se regulem comportamentos e se salvaguarde o ser humano das causas de mortalidade e de morbilidade evitáveis porque é sobretudo de razões imperativas de saúde pública que se trata.
Gestos simples, tanto em casa como em instalações de vulto em qualquer dos segmentos da cadeia alimentar podem evitaqr intoxicações e toxinfecções alimentares, quantos deles letais!
O consumidor tem – por informado – de exigir higiene, segurança no que toca aos géneros alimentícios, em qualquer das fases – da produção ao consumo -, já que qualidade, a eficácia ea segurança são função também de reivindicações suas. Sem que o facto liberte as autoridades públicas de edita rnormas, fazê-las assimilar pelos operadores económicos e exigir o seu estrito cumprimento porque é da saúde individual de cada um e todos que se trata também.
A denúncia de situações lesivas da saúde é também imperativo de cidadania.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Juruá
Cód. Barras 9788536217178
Altura 0.00 cm
I.S.B.N. 9788536217178
Profundidade 0.00 cm
Número da edição 1
Ano da edição 2007
MÊS OUTUBRO
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 194
Peso 0.44 Kg
Largura 0.00 cm
AutorFrota,Ângela Maria Marini Simão Portugal

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Regime da Segurança Alimentar na União Europeia