Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
e-book

Revista Folhas (Cód: 7034581)

Silva, Lajosy

Livrus (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 24,50 R$ 22,05 (-10%)
Cartão Saraiva R$ 22,05

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Revista Folhas

R$22,05

Descrição

A Revista Folhas é fruto de um projeto que conta com
o apoio da PROEXTI e do Programa de Pós-Graduação
em Letras da UFAM ? Universidade Federal do
Amazonas. É o primeiro volume e conta com artigos
na área de Estudos Literários e Linguística. A começar pelo primeiro
artigo, Julianna Santos de Souza analisa e discute uma
autora inglesa pouca conhecida no Brasil e que vem sendo redescoberta
em seu próprio país, Elizabeth Gaskell, ressaltando o impacto
da Revolução Industrial e como história e literatura podem
andar juntas. Em seu artigo, Sandra Maria Godinho Gonçalves,
com a orientação do Professor Dr. Herbert Luiz Braga Ferreira,
propõe uma reflexão sobre crenças no ensino de línguas, os mitos
que envolvem a aquisição de uma língua estrangeira em sala de
aula, com dados devidamente organizados. A Prof. Dra. Rita Barbosa
de Oliveira, membro do programa de pós da UFAM, aborda
a poética de Sophia de Mello Breyner Andresen, escritora portuguesa,
e como o jogo artístico propõe um sujeito na poesia e sua
pluralidade entre o que pode ser exterior e interior ao abordar
a crise harmônica do homem com o social. Mary Ellen Rivera
Cacheado contribui com a análise da peça Dr. Fausto de Christopher
Marlowe, um autor instigante, cujo conjunto de obra ainda
precisa de uma fortuna crítica condizente com o seu talento e
inovação durante o período conhecido como teatro elisabetano.
Como resultado do seu trabalho de mestrado no programa de pós
em Letras da UFAM, José Benedito dos Santos descreve as vozes
silenciadas da África e seus autores entre os períodos de 1959 a
A
p r e f á c i o
Revista Folhas.indd 10 21/01/2014 10:48:26
Revista Folhas 11
1974, quando a crítica literária, influencia pela colônia portuguesa,
falha ao negligenciar a produção artística de autores africanos
e sua importância para os Estudos Literários e a própria cultura
de um continente. Ao analisar As relações naturais e A Separação
de dois esposos, Elaine Pereira Andreatta propõe uma discussão
sobre a obra (muitas vezes esquecida) de Qorpo-Santo, dramaturgo
brasileiro inovador, ao tratar de sexualidade e repressão, a
dualidade de uma dramaturgia que dialoga com o caos e a desordem
narrativa como forma de expressão. No artigo sobre a poética
de Josefina Plá, André Rezende Benatti analise dois poemas
(El Viaje e Desnuda) para tratar dos anseios e estados de uma
expressão poética a ser descoberta, quando elementos oníricos
e o tempo tornam-se essenciais para a composição da poesia. A
dramaturgia de Fernando Arrabal, sobretudo a fábula Fando y
Lis, é o foco do artigo de Stéphanie Soares Girão ao descrever
o caráter de manifestação do poder, sexualidade e violência em
uma peça intrigante sob a ótica das leituras de Pierre Bourdieu e
Michel Foucault, descrevendo outras fases do dramaturgo espanhol.
As autoras Michéli Carolini de Deus Lima Schwade e Mirley
Tereza Correio da Costa propõe uma interessante literatura
entre a análise do filme Hiroshima, mon amour de Alan Resnais
e suas rupturas com a linearidade da história criada por Marguerite
Duras, cujo foco é a descrição da França pós-guerra, um
paradigma a ser revisto pelas gerações futuras, tanto de leitores,
quanto cinéfilos.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Livrus (Edição Digital)
Cód. Barras 9788564855861
Acabamento ebook
Início da Venda 20/02/2014
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Pdf
Tamanho do Arquivo 942
Proteção Drm Sim
Idioma Português
Número de Páginas 192 (aproximado)
VOLUME 1
Peso 0.00 Kg
AutorSilva, Lajosy