Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Silêncio - Série Hush, Hush - Vol. 3 (Cód: 3714159)

Fitzpatrick, Becca

Intrinseca

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 34,90
Cartão Saraiva R$ 33,16 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Silêncio - Série Hush, Hush - Vol. 3

R$34,90

Descrição

Nora Grey não consegue se lembrar dos últimos cinco meses. Depois do choque inicial de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, ela precisa retomar sua rotina, voltar à escola, reencontrar a melhor amiga, Vee, e ainda aprender a conviver com o novo namorado da mãe.
Em meio a tudo isso, Nora é assombrada por constantes pensamentos com a cor preta, que surge em sua mente nos momentos mais improváveis e parece conversar com ela. Alucinações, visões de anjos, criaturas sobrenaturais. Aparentemente, nada disso tem a ver com sua antiga vida.
A sensação é de que parte dela se perdeu. É então que o caminho de Nora cruza o de um sexy desconhecido, a quem ela se sente estranhamente ligada. Ele parece saber todas as respostas… e também o caminho até o coração de Nora. Cada minuto a seu lado confirma isso, até que Nora se dá conta de que pode estar apaixonada. De novo.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Intrinseca
Cód. Barras 9788580571318
Altura 23.00 cm
I.S.B.N. 9788580571318
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Tradutor Débora Isidoro
Ano da edição 2011
Idioma Português
Peso 0.42 Kg
Largura 16.00 cm
AutorFitzpatrick, Becca

Leia um trecho

MESMO COM OS OLHOS FECHADOS, EU SOUBE QUE estava em perigo. Acordei com o barulho abafado de passos se aproximando. Ainda havia um resquício de sono, o que prejudicava minha concentração. Eu estava deitada de costas, e o frio atravessava minha blusa. Meu pescoço formava um ângulo doloroso, e então abri os olhos. Pedras estreitas se erguiam na névoa escura. Por um momento de estranha suspensão, a imagem de dentes tortos surgiu em minha mente, mas em seguida entendi o que realmente eram aquelas formas. Lápides. Fiz um esforço para me sentar, mas minhas mãos escorregaram na grama molhada. Lutando contra a sonolência que ainda me deixava confusa, rolei por sobre um túmulo coberto de terra, tateando o espaço nebuloso. Os joelhos da minha calça ficaram ensopados enquanto eu engatinhava entre as sepulturas e os monumentos dispostos aleatoriamente. Fui retomando aos poucos a consciência, mas deixei esses pensamentos de lado; não conseguia me concentrar com a dor lancinante que se espalhava em minha cabeça. Rastejei ao longo de uma cerca de ferro, espalhando uma camada de folhas em decomposição acumulada durante anos. Um uivo fantasmagórico veio do alto, mas, apesar de me causar arrepio, não era o som que mais me amedrontava. Os passos amassavam a grama atrás de mim, mas eu não conseguia definir se estavam perto ou longe. Um grito cortou o ar, e tentei me mover mais depressa. Sabia instintivamente que precisava me esconder, mas me sentia desorientada; a escuridão não me permitia enxergar com nitidez, e a névoa escura e sinistra projetava fantasmas diante dos meus olhos. A distância, entre duas fi leiras de árvores fi nas e altas, um mausoléu de pedra branca brilhava no meio da noite. Consegui fi car de pé e corri para lá. Passei por entre dois monumentos de mármore e, quando saí do outro lado, ele esperava por mim. Uma silhueta alta com o braço erguido para o ataque. Tropecei ao tentar recuar. Quando caí, percebi meu erro: era uma estátua. Um anjo sobre um pedestal, um guardião dos mortos. Eu teria deixado escapar uma risada nervosa, mas minha cabeça bateu contra alguma coisa muito dura, e tive a impressão de que o mundo girava. A escuridão envolveu minha visão.