Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Tempo Passado - Cultura da Memória e Guinada Subjetiva (Cód: 1798819)

Sarlo,Beatriz

Companhia Das Letras

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 36,00
Cartão Saraiva R$ 34,20 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Tempo Passado - Cultura da Memória e Guinada Subjetiva

R$36,00

Descrição

Interessada na maneira como se reconstituiu a história da ditadura militar, e na memória que dela se tem pela voz de suas
vítimas, Beatriz Sarlo analisa neste livro a profusão de relatos, depoimentos e testemunhos surgidos nos anos de transição
democrática, tanto na Argentina como em outros países latino-americanos, e mostra como o testemunho em primeira pessoa foi fundamental para a reconstrução do passado. Graças aos relatos de ex-presos políticos, perseguidos e exilados, se abriu o caminho para a condenação do terrorismo de Estado.
Mas esses atos de memória podem ser, alerta a autora,apenas uma versão dos fatos, e correm o risco de,no futuro,ter contestada sua validade como fonte histórica. Seu objetivo é evitar que a história transforme as lendas em realidade. Fundamentando sua pesquisa em trabalhos teóricos sobre cultura e historiografia, numa linhagem que passa por Walter Benjamin e Giorgio Agamben, Jean Starobinski e Paul Ricoeur, Beatriz Sarlo disseca a “guinada subjetiva” que se seguiu ao renascimento do “eu”, objeto de todos os privilégios, e ampliado em sociedades que vivem a subjetividade não apenas
em sua dimensão íntima, mas como uma manifestação pública.

Características

Produto sob encomenda Sim
Editora Companhia Das Letras
Cód. Barras 9788535909814
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 9788535909814
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2007
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 136
Peso 0.21 Kg
Largura 14.00 cm
AutorSarlo,Beatriz