Artboard 33Artboard 16Artboard 18Artboard 13Artboard 42Artboard 21Artboard 4Artboard 5Artboard 45Artboard 22Artboard 7Artboard 42Artboard 23Artboard 12Artboard 28Artboard 17?Artboard 28Artboard 43Artboard 49Artboard 47Artboard 15Artboard 32Artboard 6Artboard 22Artboard 5Artboard 25Artboard 1Artboard 42Artboard 11Artboard 41Artboard 11Artboard 23Artboard 10Artboard 4Artboard 9Artboard 6Artboard 8Artboard 7Artboard 3Artboard 12Artboard 25Artboard 34Artboard 43Artboard 44Artboard 16Artboard 24Artboard 13Artboard 5Artboard 24Artboard 31Artboard 1Artboard 12Artboard 27Artboard 30Artboard 36Artboard 44Artboard 9Artboard 17Artboard 6Artboard 27Artboard 30Artboard 29Artboard 26Artboard 2Artboard 20Artboard 35Artboard 15Artboard 14Artboard 50Artboard 26Artboard 14Artboard 40Artboard 21Artboard 10Artboard 37Artboard 46Artboard 33Artboard 8

Transações Entre Partes Relacionadas - Col. Insper (Cód: 6205428)

Antunes Soares de Camargo,André

Almedina

Este produto está temporariamente indisponível no site, mas não se preocupe, você pode reservá-lo para retirada em uma loja física!

Reserve seu produto na loja para retirada em até 1 hora.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.
Ops! Este produto está temporariamente indisponível. Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 131,00

em até 4x de R$ 32,75 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 124,45 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 4x sem juros de


Transações Entre Partes Relacionadas - Col. Insper

R$131,00

Descrição

Transações Entre Partes Relacionadas - Um desafio regulatório complexo e multidisciplinar

'A obra do Dr. André Antunes Soares de Camargo – de quem um dos signatários teve a honra e o orgulho de ser orientador –, trata de tema diretamente ligado ao das mais intrincadas e ainda não resolvidas questões do direito societário: o dos grupos societários. Referindo-se aos grupos, diz, significativamente, o extraordinário societarista alemão Herbert Wiedemann: “...einen Drachen mit vielen Häuptern” – um dragão com muitas cabeças - .

O tema da tese do Dr. André – transações entre partes relacionadas – talvez se encontre, aliás, no próprio coração do dragão. É fácil de compreender o que se acaba de dizer. Nas transações da controladora com as controladas ou coligadas , se as operações não forem comutativas, tanto os minoritários do grupo (assim denominados geralmente aqueles que são minoritários das controladas ou coligadas), quanto os credores daquelas últimas, estarão sendo prejudicados.

Por essa razão, dispõe o art. 245 da LSA: “Os administradores não podem, em prejuízo da companhia, favorecer sociedade coligada, controladora ou controlada, cumprindo-lhes zelar para que as operações entre as sociedades, se houver, observem condições estritamente comutativas, ou com pagamento compensatório adequado; e respondem perante a companhia pelas perdas e danos resultantes de atos praticados com infração ao disposto neste artigo”.

Da leitura desse dispositivo, já resulta séria perplexidade: o que significa pagamento compensatório adequado na hipótese de não serem comutativas as operações? O desenvolvimento da atividade de todas as sociedades em favor do grupo como um todo? Ou o quê?

Relativamente aos grupos de direito (de subordinação), regulados nos arts. 265 e ss. da LSA, o sacrifício dos interesses das sociedades grupadas é, ao contrário, expressamente permitido, segundo dispuser a convenção grupal: “Art. 276. A combinação de recursos e esforços, a subordinação dos interesses de uma sociedade aos de outra, ou do grupo, e a participação em custos, receitas ou resultados de atividades ou empreendimentos somente poderão ser opostos aos sócios minoritários das sociedades filiadas nos termos da convenção do grupo” .

Como ficam os direitos dos minoritários e dos credores das sociedades cujos interesses foram sacrificados? Bem se vê, só por essas indagações iniciais, a complexidade da problemática enfrentada na obra ora ofertada ao público, que cuida justamente do tema das partes relacionadas – coessencial ao dos grupos.

O seu autor procurou lidar com a questão, inovadoramente, a partir de uma perspectiva multidisciplinar: estudou a matéria não somente à luz do direito, mas também de aspectos não jurídicos: econômicos, sociológicos, contábeis, estratégicos, éticos e de corporate governance. E, dentro dessa ampla perspectiva, procurou averiguar se a regulação do tema no Brasil é adequada, propondo um novo modelo regulatório.

Os signatários desejam aqui testemunhar o hercúleo esforço de pesquisa feita pelo autor e a sua admirável dedicação e seriedade durante todo o período do doutoramento.

O fruto de tudo isso é uma obra que vem para abrir caminhos.

Adaptado do prefácio do livro, feitos pelos Prof. Erasmo Valadão e Prof. José Alexandre Tavares Guerreiro'

Características

Peso 0.40 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Almedina
I.S.B.N. 9788563182357
Altura 23.00 cm
Largura 16.00 cm
Profundidade 1.67 cm
Número de Páginas 320
Idioma Português
Acabamento Brochura
Cód. Barras 9788563182357
Ano da edição 2013
AutorAntunes Soares de Camargo,André