Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Três Indagações Sobre o Princípio da Moralidade Administrativa - Col. Direito, Política e Democracia (Cód: 185646)

Cordeiro,Alexandre Delduque

Lumen Juris

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 55,00
Cartão Saraiva R$ 52,25 (-5%) em até 1x no cartão ou em até 2x de R$ 27,50 sem juros

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Três Indagações Sobre o Princípio da Moralidade Administrativa - Col. Direito, Política e Democracia

R$55,00

Descrição

A adoção do princípio da moralidade administrativa na Constituição brasileira de 1988 é resultado de uma lenta, porém profunda, transformação verificada na Teoria Política, na Teoria do Direito e na Teoria da Constituição. De fato, a passagem do absolutismo político para a democracia deliberativa propiciou um ambiente favorável ao debate sobre a moralidade na gestão da coisa pública. Da mesma forma, o clássico embate entre jusnaturalistas e positivistas jurídicos acerca das relações entre a Moral e o Direito, abriu caminho para a construção de um conceito de moral institucional. Por fim, a evolução natural do papel da Constituição para a organização do Estado democrático contemporâneo também contribuiu para a admissão expressa do princípio da moralidade na Carta de 1988. A partir dessas verificações, o presente trabalho investiga como se deu a recepção do princípio da moralidade administrativa no Direito brasileiro. Uma abordagem da Ação Popular, como instrumento democrático de controle externo da moralidade, também faz parte deste estudo, que não poderia olvidar a investigação crítica das decisões do STF acerca do tema. Enfim, a partir de três indagações sobre o princípio da moralidade administrativa, o presente trabalho convida o leitor a uma reflexão sobre a ética na administração da res pública, tema esse de inegável atualidade na vida política brasileira.

Características

Produto sob encomenda Não
Editora Lumen Juris
Cód. Barras 9788573877441
Altura 21.00 cm
I.S.B.N. 8573877448
Profundidade 1.00 cm
Acabamento Brochura
Número da edição 1
Ano da edição 2005
Idioma Português
País de Origem Brasil
Número de Páginas 159
Peso 0.22 Kg
Largura 14.00 cm
AutorCordeiro,Alexandre Delduque