Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
e-book

Uma Ponte Chamada Destino (Cód: 8343400)

Alcir Ramos

Clube de Autores (Edição Digital)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 11,84
Cartão Saraiva R$ 11,84

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Uma Ponte Chamada Destino

R$11,84

Descrição

Mãe solteira com um filho de nove anos de idade casa-se com um viúvo pai de uma menina de apenas cinco anos de idade. Para que se mantivesse o respeito entre as duas crianças, os pais lhes contaram que eles eram irmãos legítimos. O casal teria tido um relacionamento ainda quando solteiros, e por estar com compromisso de casamento com outra jovem não teria assumido a paternidade do menino, agora estando na condição de viúvo e necessitando de uma companheira que lhe ajudasse a criar a filha, resolve assumir a paternidade e um relacionamento com a mãe do seu filho. A história de serem irmãos não é aceita pela menina que acabara de perder sua mãe, e não concebia a idéia de lhe imporem outra pessoa como substituta, e muito menos a existência de um irmão, sabe-se lá de onde teria vindo. Os anos vão se passando e o amor que a menina teria retido em seu coração e que provavelmente seria ofertado a sua mãe, não pode ser extravasado dedicando ao pai, pois não havia proximidade, este então foi involuntariamente canalizado para o jovem que ela resistia à ideia de aceitar como irmão. O respeito vinculado ao fato de serem irmãos, certamente imporia obrigações morais, entretanto os jovens fizeram a disjunção dos valores tidos como de bom costume, e ao se aterem aos valores emocionais e sentimentais contrários, deixando-se envolver com a facilidade e a fantasia romanesca que os envolvia. A jovem perdidamente apaixonada, não aceitava o fato que para ela era óbvio, os pais teriam inventado a história de serem irmãos, e isto estava interferindo na possibilidade de serem felizes. O jovem mais consciente ou menos envolvido tem o discernimento de que estão vivendo uma aventura perigosa. Aventura que se torna um dilema para eles, que sabiam se tratar de um amor proibido e sem futuro, e que a saídas para a situação seria difícil e penosa, mesmo assim eles teriam que encontrá-la. Entretanto a moça não compartilhava das mesmas ideias, pois não admitia a possibilidade de serem irmãos, e alimentava o sonho de poder viver com plenitude sem inquietação na sua consciência o seu primeiro amor

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Clube de Autores (Edição Digital)
Cód. Barras 2999990120228
Acabamento ebook
Início da Venda 24/06/2015
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Pdf
Gratuito Não
Tamanho do Arquivo 1318
Proteção Drm Sim
Número da edição 1
Ano da edição 2016
Idioma Português
Ano da Publicação 2016
Mês da Publicação OUTUBRO
VOLUME 1
Peso 0.00 Kg
AutorAlcir Ramos