Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8
Livro Digital

Umidade (Cód: 9324148)

Reinaldo Moraes

Companhia Das Letras (Livros Digitais)

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 28,00
Cartão Saraiva R$ 28,00

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Umidade

R$28,00

Descrição

O Liminha está se dando bem: já tem um Audi A4 e lábia suficiente para seduzir os clientes mais endinheirados. Quem ele não consegue seduzir é a Mariana, sucessivamente sua paquera, namorada, noiva e legítima esposa. Um mulherão, protegida com galhardia pela mãe, uma matrona portuguesa viúva do Homem de Vendas 1975 da Associação dos Revendedores Volkswagen. Liminha, o herói de 'Umidade', conto que dá título ao primeiro livro de contos de Reinaldo Moraes, é um dos representantes mais precisos desta imensa colônia de bactérias que se reproduz sem cessar em meio úmido: a classe média. 'O desejo cansa', pontifica Marcelo Mirisola na epígrafe do livro. Se é assim, os personagens desses contos - e, por tabela, todos nós - vivem exaustos, escravizados por um desejo insaciável e muitas vezes risível: o casal que lê na cama a bula do Viagra, tentando fazer um casamento de mais de vinte anos pegar no tranco; a esposa frustrada que deixa o marido em casa e se deslumbra num festim da alta burguesia; o cara que perde a namorada e acha uma carteira recheada de dinheiro no aeroporto de Paris; o mauricinho que tenta seduzir uma gata da Zona Norte de São Paulo; a instrumentadora cirúrgica que vê o fim de semana na praia ser destruído pelos caprichos do filho e a falta de imaginação do namorado. De um realismo escrachado ou abertamente paródicos, os personagens e situações de Umidade são o melhor exemplo do casamento entre humor e boa literatura. Não é todo dia que encontramos um autor refinado e galhofeiro como Reinaldo Moraes, capaz de encaixar os maiores desatinos na sintaxe dos grandes clássicos. Seu romance Tanto faz, cult nos anos 80, que conta a história do bolsista beatnik que vai para Paris fazer uma espécie de doutorado em hedonismo, é o grande retrato literário da abertura cultural que ocorreu no Brasil a partir de 79.

Características

Produto sob encomenda Sim
Marca Companhia Das Letras (Livros Digitais)
Cód. Barras 9788580862140
Acabamento ebook
Início da Venda 02/09/2005
Territorialidade Internacional
Formato Livro Digital Epub
Gratuito Não
Proteção Drm Sim
Idioma 333
Código do Formato Epub
Número de Páginas 256 (aproximado)
Ano da Publicação 105
Peso 0.00 Kg
AutorReinaldo Moraes

Avaliações

Avaliação geral: 0

Você está revisando: Umidade