Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Vindo Lá da Lagoa (Cód: 844426)

Cajú & Castanha

TRAMA

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

R$ 16,90
Cartão Saraiva R$ 16,06 (-5%) em até 1x no cartão

Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total: R$0,00

Em até 1x sem juros de R$ 0,00


Vindo Lá da Lagoa

R$16,90

Descrição

“Meninos prodígios” do coco-de-embolada nordestino, Caju e Castanha surgiram para o grande público através de documentário “Nordeste: Cordel, Repente, Canção” , realizado em fins dos anos 70 pela cineasta Tânia Quaresma. Mais recentemente o compositor pernambucano Lenine usou trecho de um antigo depoimento seu na abertura da canção (em parceria com Lula Queiroga) “A Ponte” , ganhadora do Prêmio Sharp de Melhor Música.
“ Vindo lá da Lagoa” , o primeiro CD da dupla pela Trama, mostra os dois antigos garotos acelerando o fôlego e o telégrafo da língua em treze faixas, que vão desde a tradicional embolada tradicional até novos formatos de canção nordestina na era eletrônica.
Algumas faixas do disco seguem modelos que são um meio termo entre a liberdade anárquica da embolada de rua e a forma “certinha” da canção popular (introdução, refrão, estrofe, refrão, mais estrofe), como por exemplo “Favela da Rocinha” , uma ciranda adaptada pela dupla que dá suporte a uma letra em louvor à favela, reconhecidamente uma das maiores colônias nordestinas da cidade do Rio de Janeiro.
Os versos maliciosos também são uma tradição da poesia popular desde os “Velhos do pastoril” (Faceta, etc) até os aboios escrachados que fazem a alegria dos bares e festas e vaquejada. Na embolada é impossível não passar por eles. Mesmo nas praças do Rio e São Paulo, pode-se ver de vez em quando até mesmo uma dupla de mulheres, armadas de pandeiro ou ganzá, trocando insultos tão escandalosamente obscenos que só não vão presas por que quase ninguém (inclusive a polícia) sabe o que quer dizer aquele palavreado.
Como tantas outras duplas espalhadas no nordeste inteiro e nos “ ímãs de migrantes” que são do Rio e São Paulo, Caju & Castanha se equilibram entre cantar o que aprenderam na infância e cantar o que aprenderam semana passada; entre manter em uso as formas poéticas e musicais que lhes deram fama e misturá-las com novas formas, na esperança de ampliar seu público.
Como se faz para manter viva a Tradição e ao mesmo tempo deixar nascer a Contemporaneidade ? Tema para um desafio que nunca terá fim.

Bráulio Tavares

Características

Produto sob encomenda Não
Marca TRAMA
Cód. Barras 7898133061530
Altura 0.00 cm
Profundidade 0.00 cm
Referência 153-2
ANO 2000
MÊS MAIO
País de Origem Brasil
Peso 0.10 Kg
Largura 0.00 cm
AutorCajú & Castanha

Faixas de música

Faixas