Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 15 Artboard 21 Artboard 1 Artboard 2 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 9 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 8 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 13 Artboard 23 Artboard 10 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 20 Artboard 6 Artboard 11 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 19 Artboard 7 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 4 Artboard 14 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 12 Artboard 17 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 19 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 18 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 48 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 16 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 29 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 3 Artboard 3 Artboard 46 Artboard 8

Vou-me Embora Pra Pasargada e Outros Poemas (Cód: 1913467)

Bandeira, Manuel

José Olympio

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

De: R$ 24,90

Por: R$ 18,70

em até 1x de R$ 18,70 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 17,77 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 1x sem juros de


Vou-me Embora Pra Pasargada e Outros Poemas

R$18,70

Descrição

'Vou-me Embora pra Pasárgada', antologia organizada por Emanuel de Moraes, reúne alguns dos melhores e mais famosos poemas de Manuel Bandeira. Dividido em quatro partes ('Do menino e do beco ao amigo do rei', 'Os alumbramentos do corpo e a arte de amar', 'Um sorriso irônico para o mundo' e 'O poeta satisfeito da vida entre no céu', o livro é a melhor forma de ingressar na obra de um dos grandes poetas da história da literatura brasileira.
'Nos estudos que têm consagrado Manuel Bandeira como uma das figuras mais representativas da literatura brasileira neste século, é ele principalmente referido como o poeta do desencanto e da morte', escreve o organizador Emanuel de Moraes. 'No entanto', prossegue, 'não foi somente esse seu verdadeiro retrato (...). Numerosos são os poemas, dentre os selecionados nesta antologia, em que transfere para o leitor essa alegria e os mitos criados na infância, na adolescência e no inestimável e inescurecível beco, onde residiu, na Lapa, materialmente pobre, mas pleno de poesia. Contagiante, canta e decanta a vida, milagre que a natureza mostra na beleza das paisagens, na luz do sol e no luar, e na delicadeza multicolorida das flores, milagre que se consubstanciara nos alumbramentos do amor.'
'Vou-me embora pra Pasárgada foi o poema de mais longa gestação em toda a minha obra', escreveu Bandeira. 'Vi pela primeira vez esse nome Pasárgada quando tinha dezesseis anos e foi num autor grego. (...) suscitou na minha imaginação uma paisagem fabulosa, um país de delícias, como o de L'invitation au voyage de Baudelaire. (...) Gosto desse poema porque vejo nele, em escorço, toda a minha vida; e também porque parece que nele sobe transmitir a tantas outras pessoas a visão e promessa da minha adolescência - essa Pasárgada onde podemos viver pelo sonho o que a vida madrasta não quis nos dar.'

Características

Peso 0.44 Kg
Produto sob encomenda Sim
Editora José Olympio
I.S.B.N. 9788503009461
Altura 21.00 cm
Largura 14.00 cm
Profundidade 0.00 cm
Número de Páginas 160
Idioma Português
Cód. Barras 9788503009461
País de Origem Brasil
AutorBandeira, Manuel