Artboard 33 Artboard 16 Artboard 18 Artboard 42 Artboard 21 Artboard 5 Artboard 45 Artboard 22 Artboard 42 Artboard 23 Artboard 17? Artboard 28 Artboard 43 Artboard 49 Artboard 47 Artboard 38 Artboard 32 Artboard 22 Artboard 5 Artboard 25 Artboard 1 Artboard 42 Artboard 11 Artboard 41 Artboard 23 Artboard 4 Artboard 9 Artboard 6 Artboard 7 Artboard 3 Artboard 12 Artboard 25 Artboard 34 Artboard 43 Artboard 44 Artboard 39 Artboard 24 Artboard 13 Artboard 24 Artboard 31 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 36 Artboard 44 Artboard 17 Artboard 6 Artboard 27 Artboard 30 Artboard 29 Artboard 26 Artboard 2 Artboard 20 Artboard 35 Artboard 15 Artboard 14 Artboard 50 Artboard 26 Artboard 40 Artboard 21 Artboard 10 Artboard 37 Artboard 46 Artboard 8

Xamanismo Matriarcal (Cód: 111374)

Levy,Carminha

Outras Palavras

Ooopss! Este produto está temporariamente indisponível.
Mas não se preocupe, nós avisamos quando ele chegar.

Ooops! Este produto não está mais a venda.
Mas não se preocupe, temos uma versão atualizada para você.

Ooopss! Este produto está fora de linha, mas temos outras opções para você.
Veja nossas sugestões abaixo!

De: R$ 63,00

Por: R$ 62,90

em até 2x de R$ 31,45 sem juros
Cartão Saraiva: 1x de R$ 59,76 (-5%)

Total:

Em até 1x sem juros de


Crédito:
Boleto:
Cartão Saraiva:

Total:

Em até 2x sem juros de


Xamanismo Matriarcal

R$62,90

Descrição

A Xamã e psicoterapeuta Carminha Ley descreve neste livro o desenvolvimento histórico do Xamanismo. No período do Matriarcado, imperava a essência feminina, marcada pelo culto à beleza, à sensualidade, à alegria, à intuição e à feminilidade; com a chegada do Patriarcado, a essência do poder masculino passou a prevalecer, imperando a força, a guerra, a consciência e o racionalismo.
A autora propõe o encontro dessas duas essências (feminino e masculino), mesclando todas as fés e crenças, atingindo níveis profundos de nossa memória ancestral, criando então o termo Xamanismo Matricial. A união desses opostos propiciará equilíbrio e harmonia na convivência entre homem e a mulher, o que já pode ser visto nos dias atuais, na convivência entre o homem e a mulher, o que já pode ser visto nos dias atuais, na busca no respeito e da igualdade de direitos e deveres mútuos. Por não ser uma religião organizada, mas sim uma prática espiritual, a autora apresenta no livro as duas figuras arquetípicas que escolheu para simbolizar esta união: a Madona Negra (Feminino) e o Divino Espírito Santo (Masculino).

Características

Peso 0.28 Kg
Produto sob encomenda Não
Editora Outras Palavras
I.S.B.N. 9788586389191
Altura 18.00 cm
Largura 12.50 cm
Profundidade 1.20 cm
Número de Páginas 179
Idioma Português
Acabamento Brochura
Conteúdo da Embalagem Cartas Sagradas
Cód. Barras 9788586389191
Número da edição 1
Ano da edição 2002
País de Origem Brasil
AutorLevy,Carminha